Em destaque: " O Fim" de Salvatore Scibona

Um primeiro romance imperdível que aborda, com delicadeza e capacidade de introspeção, os grandes temas da vida.


Sinopse:
15 de agosto de 1953. É dia de festa ruidosa e turbulenta em Elephant Park, um enclave de imigrantes italianos no norte do Ohio. Enquanto as festividades atingem um patamar frenético e trasbordam para as ruas, cinco membros da comunidade suportam o peso de um terrível segredo.
 
O padeiro da vila recebe uma notícia dolorosa, o joalheiro curva-se abnegadamente sobre o seu trabalho, uma costureira de cortinas fala em voz baixa pelo fio torcido de um telefone, um adolescente perturbado procura a liberdade fora da crescente multidão da festa e uma abortadeira idosa e ressentida mantém sob apertada vigilância a comunidade sobre a qual sente que está a perder o domínio.
 
Lentamente, à medida que estas personagens obstinadas e primorosamente desenhadas colidem entre si, torna-se evidente que, sepultada a grande profundidade nos seus corações, está a verdade há muito silenciada sobre o crime que assombrou o mundo de cada uma delas.
 
Criativo, explosivo, tendo em fundo as tensões raciais, espirituais e morais que deram origem à América moderna, O Fim assinala a brilhante estreia de Salvatore Scibona como uma voz nova e eletrizante na ficção americana.

Críticas da Imprensa: 

«Não é de admirar que Scibona, um italo-americano que trabalhou no livro durante uma década, tenha sido incluído pela New Yorker na sua lista – “20 under 40” – de jovens escritores a ter em conta.» The Guardian
 
«Faz-nos pensar não só em Faulkner, mas também em T. S. Eliot, Virgina Woolf, Gertrude Stein e James Joyce.» The Cleveland Plain Dealer

Sobre o autor:
Salvatore Scibona nasceu em 1975 em Cleveland, Ohio. É autor dos romances O Fim (2008) e The Volunteer (2019), de ensaios e de contos publicados em revistas literárias como a Threepenny ReviewBest New American Voices 2004The Pushcart Book of Short Stories: The Best Stories from a Quarter-Century of the Pushcart PrizeHarper's Bazaar e The New Yorker, entre outras. 

Foi distinguido com importantes prémios, incluindo o Guggenheim Fellowship, o Pushcart Prize, o O. Henry Award e o Whiting Award. Em 2010, foi escolhido pela The New Yorker como um dos 20 escritores mais promissores com menos de 40 anos. 

O Fim, o seu romance de estreia, foi finalista do National Book Award e vencedor do Young Lions Fiction Award da Biblioteca Pública de Nova Iorque.

0 comentários:

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

O Regresso de Isabel Allende

O Regresso de Isabel Allende
Uma viagem maravilhosa.

A fabulosa Tetralogia Napolitana - Amiga Genial

A fabulosa Tetralogia Napolitana - Amiga Genial
Espreite a minha opinião e decida-se finalmente a ler os livros de que todos falam.

O que espera por ter estes dois livros na sua estante?

O que espera por ter estes dois livros na sua estante?
Maria Dueñas, a autora, é uma verdadeira contadora de histórias. Encanta-nos, quase que nos hipnotiza, e leva-nos de mão dada até lugares e situações longínquas no tempo. - Fernanda Carvalho de "As Leituras da Fernanda"

"Gente Feita de Terra" - o último livro de Carla M. Soares.

"Gente Feita de Terra" - o último livro de Carla M. Soares.
Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)