"Suite 405" de Sveva Casati Modignani (OPINÃO)

Sveva é um daqueles autores que não consigo deixar de ler. Apesar de já há algum tempo os seus livros me saberem a pouco, apesar de saber que a fórmula que ela utiliza é quase sempre a mesma, na hora que sai mais um, eu continuo a querer lê-lo. A verdade é que sei que vou encontrar uma história com pés e cabeça, passada em Itália, país que me fascina, com personagens italianas, por norma mulheres com um carácter forte e determinado, que ultrapassam as dificuldades que a vida lhes coloca no caminho.

Uma das coisas que mais aprecio nos seus livros, e em que Sveva é exímia, são os saltos temporais. Ela recua até ao passado de uma personagem, por vezes infância ou adolescência, e conta-nos a sua história até ao presente. Desta forma certifica-se que o leitor compreenda porque a personagem é como é. E isso, meus caros amigos, muitas vezes é a verdadeira história.

Neste Suite 405, Sveva apresenta-nos a história de Lamberto Rissotto e Giovanni Rancati, dois homens fortes em dois campos opostos. Um é um conde e industrial de sucesso, e o outro um sindicalista de topo. Se bem que a autora aborde o tema da classe operária e nos mostre os problemas do ponto de vista dos trabalhadores, fá-lo de uma forma superficial, pois a gema desta história são as mulheres por trás desses dois homens, Armanda e Bruna. Não há dúvida, com esta autora as mulheres são sempre as heroínas. 

É uma leitura sem surpresas, calma mas simultaneamente cativante. Gosto muito da forma como Sveva consegue entrelaçar a vida das personagens, criando uma história bonita e fácil de ler. Se infelizmente já não podemos contar com as maravilhosas sagas familiares, que ela escrevia em conjunto com o seu marido, sei sempre que vou encontrar uma bela história que me vai distrair da realidade durante algum tempo. Gostei.

Em destaque: "O Segredo da Minha Mãe" de Clare Swatman

As mentiras podem magoar... A honestidade pode destruir.

Sinopse:
Uma história pungente e emocional, repleta de amor, perda, obscuridade, sofrimento e perdão. Jan ficou viúva muito cedo e como mãe solteira tornou-se demasiado protectora em relação às filhas, principalmente em relação à mais nova, Georgie.

De casamento marcado, Georgie precisa da sua certidão de nascimento e após fazer uma busca exaustiva na casa da mãe, apenas encontra recortes de jornais e a sua vida transforma-se numa realidade em que mal pode acreditar. Um livro comovente e um segredo devastador que ameaça os laços de uma família. Publicado em 21 países.

«Um prólogo arrepiante, uma revelação emocional e inesperada, esta história analisa como uma decisão de momento pode afectar famílias, relações e futuros… Clare Swatman é uma escritora talentosa.»
The Daily Express


Sobre a autora:
Clare Swatman é jornalista de várias revistas femininas semanais. Clare escreveu para Best, Woman’s Own and Real People.  Vive em Hertfordshire como marido e os dois filhos.  Antes de Ires é o seu primeiro romance, e neste momento está a trabalhar no segundo.

"O Fim da Solidão" de Benedict Wells (OPINIÃO)

Este é daqueles livros que apesar do seu tom melancólico, por vezes triste, não nos contagia. Muito pelo contrário, é exatamente esse tom que nos conquista, que nos enternece e nos faz apreciar ainda mais a leitura.

"O Fim da Solidão" conta-nos a história de três irmãos, dois rapazes e uma rapariga, que ficam orfãos de ambos os pais devido a um acidente automóvel. Na impossibilidade de algum familiar ficar com eles, são encaminhados para um colégio interno, e obviamente separados por idades. Mas não pensem que se trata daquelas histórias terríveis sobre orfanatos e crianças maltratadas. Não tem nada a ver com isso.

A história vai-nos sendo contada por Jules, o mais novo. Aos poucos os irmãos afastam-se, como se quisessem esquecer o elo que os une, e Jules dá por si quase como um mero observador da sua própria vida. A sua única amiga, Alva, é a sua companheira de aventuras e leituras, que de certa maneira compensa a falta dos irmãos, durante o tempo de internato. Ela também tem uma história que a torna diferente dos demais, e em Jules encontra o companheiro ideal. Quando a escola termina, eles também acabam por se afastar, e Jules vê-se novamente sozinho. A vida continua para os três irmãos, e o leitor continua a acompanhá-la através do relato das introspeções de Jules, pontuado pelas memórias do tempo antes da morte dos pais.

Na realidade, e não há como fugir ao tema, a infância é sem dúvida uma das fases mais importantes das nossas vidas. O que nos acontece nesta fase acaba por condicionar a nossa maneira de ser, a forma como encaramos as coisas.
«Uma infância difícil é como um inimigo invisível. Nunca se sabe quando nos vai atingir.»
Apesar de todas as voltas e reviravoltas, os três irmãos acabam por se reencontrar num lugar comum, feliz, e construir uma vida onde cada um deles tem o seu espaço.

Esta foi uma leitura muitíssimo interessante. É sem dúvida uma pequena pérola no infindável mundo literário contemporâneo. Transborda o tom melancolicamente doce, de tal forma que não tenho dúvidas nenhumas que o seu autor tem uma alma velha (com todo o belo significado da expressão). Recomendo com todo o coração.

P.S. Adorei as referências a livros, que devidamente anotei para mais tarde ler.

P.S.2 Acho a capa perfeita. Adorei. Parece quase uma pintura.

"A Agenda Vermelha" de Sofia Lundberg (OPINIÃO)

A minha história com este livro foi engraçada. Quando o vi (na Wook) nem lhe passei cartuxo. Achei que era mais um daqueles livros aos quais apelido "de bolinha vermelha", e cuja leitura não aprecio mesmo nada. Vá, têm de concordar comigo, tem todo o estilo... Mas acontece que alguém mo fez chegar às mãos, e assim que o vi, ao vivo e a cores, fiquei encantada. A edição é num tamanho mais pequeno do que o habitual, com os cantos da capa e contra capa arredondados, tal como se fosse uma verdadeira agenda telefónica, que antigamente, antes desta era digital, tanto se usavam. Bem, para além disso vinha acompanhado de uma carta da autora, explicando resumidamente de como imaginou esta história, com base na história da sua própria avó. Fiquei logo cativada. E agradeço a quem mo ofereceu, pois é uma verdadeira pérola que vou querer manter na estante para daqui a uns anos reler.

O mote é simples: uma idosa de 96 anos que ainda vive sozinha, embora com acompanhamento de um serviço social, tem passado os últimos tempo a recordar e a escrever, numa pequena agenda, histórias da sua vida. E que vida!! Ela viveu em Estocolmo, onde trabalhou como criada na casa de uma mecenas de diversos artistas, entre eles Gösta Adrian-Nilsson, que por curiosidade era tio avô da autora deste livro. Depois, com a sua senhora, rumou a Paris onde foi "encontrada" por um dos grandes nomes da moda e com quem iniciou a sua carreira de modelo. E tudo isto numa altura onde o nazismo começava a dar sinais de vida.

O relato vai saltitando entre o presente e o passado, e aos poucos vamos conhecendo a vida de Doris e sua visão de uma Europa à beira de entrar na Guerra. Simultaneamente, conhecemos também a sua frágil atualidade, que Doris não quer abandonar até conseguir passar o testemunho do que viveu à sua sobrinha-neta, com quem tem um contacto diário via Skype.

Este pequeno livro revelou-se numa história maravilhosa, sobre a vida e os vários tipos de amor que a preenchem. Um verdadeiro conto agridoce repleto de pequenas pérolas de sabedoria, que nos recorda o quão importante é a passagem de testemunho entre gerações. Com o passado, descobrimos mais sobre o presente, e aprendemos a lidar com o futuro.

Adorei. E recomendo. É uma excelente ideia para prenda deste Natal que se aproxima.


Em destaque: "Conta-me o teu segredo" de Dorothy Koomson

Aconteceu comigo. E sei que contigo também.

Sinopse:
Pieta tem um segredo.
Há 10 anos, Pieta foi raptada por um homem que se autointitulava "O Assassino da Venda", e que prometeu não a matar se mantivesse os olhos fechados por 48 horas. Pieta nunca contou a ninguém o que lhe aconteceu, decidindo seguir com a sua vida como se nada se tivesse passado. Mas quando "O Assassino da Venda" começa a perseguir as vítimas sobreviventes, Pieta percebe que terá de revelar o seu segredo para salvar a própria vida...

Jody tem um segredo
Há 15 anos, Jody, polícia, cometeu um erro terrível que permitiu que o criminoso em série conhecido como "O Assassino da Venda" escapasse em liberdade. Ao descobrir que a jornalista Pieta sobreviveu a um ataque desse mesmo homem, Jody percebe que talvez tenha encontrado uma forma de o apanhar. Mas essa decisão poderá colocar a vida de duas pessoas inocentes em risco...
Pieta e Jody mantiveram o silêncio para se protegerem. Se o revelarem agora, estarão a salvar ou a sacrificar alguém?


O novo e emocionante thriller da autora de a filha da minha melhor amiga


Sobre a autora:
Traduzida em 30 línguas e com mais de 2 milhões de livros vendidos em todo o mundo, Dorothy Koomson é hoje uma das maiores referências do romance feminino.
Ao livro mais emblemático – A filha da minha melhor amiga – seguiram-se outros sucessos que a tornaram uma das autoras preferidas dos leitores portugueses. Descubra mais sobre a autora em : www.dorothykoomson.co.uk e www.facebook.com/dorothykoomsonportugal


Em destaque: "A Maldição do Marquês" de Tiago Rebelo

Uma vertiginosa viagem pelo século XVIII baseada em factos verídicos.

Sinopse:
José Policarpo de Azevedo, criado de um dos fidalgos mais poderosos do reino, condiciona involuntariamente os mais dramáticos acontecimentos, que mudaram Portugal no século XVIII. 
D. José reina, mas delega todas as decisões no omnipotente marquês de Pombal, que trava uma guerra de morte com a velha nobreza e os padres jesuítas.

O terramoto que arrasa Lisboa, a revolta dos índios brasileiros e o atentado contra o rei são oportunidades históricas aproveitadas com exímia mestria política pelo maquiavélico marquês de Pombal para ganhar definitivamente o poder.

Mas, a todo o momento, a obscura figura de José Policarpo de Azevedo intromete-se nos planos do homem forte do reino, que inicia uma longa e implacável perseguição para o capturar e executar. 
O destino do único e misterioso sobrevivente do massacre dos Távora, mantido em segredo durante séculos, é finalmente revelado.

Baseado em factos verídicos A Maldição do Marquês é uma descrição imparável das intrigas palacianas e das lutas pelo poder; dos casamentos, das traições e das luxúrias na Corte de D. José; e também uma secreta e improvável história de amor capaz de sobreviver a todas as provações.


Sobre o autor:
Com uma carreira literária de quase vinte anos, marcada por alguns dos títulos de maior êxito entre os autores portugueses deste século, Tiago Rebelo é um escritor de histórias empolgantes e de personagens consistentes e tocantes a que não se consegue ficar indiferente. Autor versátil, capaz de enveredar por diferentes géneros literários, regressa ao romance histórico com A Maldição do Marquês, mais uma obra incontornável do autor de O Tempo dos Amores PerfeitosO Último Ano em Luanda e Romance em Amesterdão, entre muitos outros . Os seus livros estão disponíveis em países como Angola, Moçambique, Brasil, Itália, Suíça, México, Argentina ou Roménia. A par da atividade literária, Tiago Rebelo tem uma longa carreira no jornalismo.

Um livro especial...

Tenho uma paixão pelos livros desde que me lembro. Antes de entrar para o primeiro ano já eu lia. Devorei livros cujas capas se desvaneceram na memória do tempo. Mas houve um, não sei precisar em que ano mo ofereceram, que permaneceu, na minha memória e na minha estante. Foi publicado em 1975 e trata-se de um livro de contos, cujo denominador comum são os animais. 

E vocês, têm algum livro especial da vossa infância? 

7 Sugestões de livros para ler no Outono


O Outono é uma das minhas estações favoritas. Ler, nesta época, é mais reconfortante, acolhedor. Pegar num livro e ir para uma esplanada protegida, ou enroscarmo-nos no sofá com uma bela chávena de chocolate... hummm, não há melhor. E como o tempo finalmente se assumiu outonal, aqui fica a sugestão de 7 livros de vários géneros, que poderão apreciar ler nesta época.

A Grande Solidão - Kristin Hannah
Foi um livro que li recentemente e cuja história acho que preenche os requisitos. Um excelente leitura para qualquer altura do ano, mas parece-me que imaginar o Alaska com os seus tons outonais é algo que me aquece mais a alma.
Podem ler a minha opinião aqui.
Comprar na Wook.

Cinzas do Passado - Martin Suter
«A história comovente de um homem arrastado para o passado por uma doença que o despoja do presente.»  Muito bom. Adorei a forma como o autor consegue entrelaçar todos os aspetos da doença de Alzheimer com um magnífico mistério.
Podem ler a minha opinião aqui.
Comprar na Wook (só disponível em e-book).

Jane Eyre - Charlotte Brontë
Um clássico da literatura que me proporcionou algumas horas de puro prazer literário.
Podem ler a minha opinião aqui.
Comprar na Wook.

Os Apanhadores de Conchas - Rosamunde Pilcher
Um livro perfeito e encantador que se destaca de entre os restantes da magnífica obra desta autora.
Podem ler a minha opinião aqui.
Comprar na Wook.

Visto do Céu - Alice Sebold
Li este livro há muitos anos, quando ainda não tinha o hábito de escrever a minha opinião sobre o que lia. Recordo-o como um dos meus favoritos durante muito tempo. Recentemente vi o filme e recordei-o. É realmente uma história extraordinária escrita de uma forma exímia.
Comprar na Wook.

O Príncipe da Neblina - Trilogia da Neblina - Vol. I - Carlos Ruiz Zafón
O primeiro livro de uma trilogia que pode ser lida por crianças dos 9 aos 99 anos. Esta é uma história intemporal que pode ser uma belíssima introdução para quem nunca leu nada deste autor fabuloso.
Podem ler a minha opinião aqui.
Comprar na Wook.

A Cor da Memória - Care Santos
Todas as famílias têm os seus segredos. Cada casa tem os seus quartos fechados. Há portas que é melhor não abrir. Este é um livro poderoso. Adorei.
Podem ler a minha opinião aqui.
Comprar na Wook
Este julgo que está esgotado. :( Podem tentar encontrá-lo de outra forma - alfarrabistas ou vendas online tipo olx.

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

Será o final de Chocolate? Tire as suas dúvidas.

Provavelmente o melhor livro do ano!

Um excelente thriller!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

Uma leitura magnífica.

Tirem as dúvidas. E riam-se com a loucura de Alvie Knightly!

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)