"Só Te Amo Até Terça Feira" de Rosa Luna

Ler é também suspirar. E é óptimo! ;) O coração bate um bocadinho mais forte juntando o seu ritmo ao do da personagem, rejubilamos quando ela conquista algo, sofremos quando ela vai abaixo, sorrimos quando ela sorri e arrepiamo-nos quando de algo de extraordinário acontece. Foi assim a leitura deste pequeno e doce livro.
Mas o que mais me surpreendeu, ou talvez conquistou, para além da história de amor ligeiramente previsível mas com umas reviravoltas interessantes, foi realmente o facto de estar tão bem adaptado para o público português. Quase podia jurar que Rosa Luna seria o pseudónimo de uma qualquer Rosa portuguesa, com um dom para a escrita e  queda para o romance. Mas não, Rosa Luna é mesmo uma chilena recatadamente a viver em Boston, que consegue colocar o bater de um coração em cada linha que escreve.
A história é-nos apresentada de uma forma original. Após as primeiras linhas apercebemo-nos que se trata no fundo de uma carta, um relato, dirigido ao dono do coração da personagem principal, Mariana. E através deste desabafo, por assim dizer, vamos conhecendo a vida de Mariana e a sua história de amor com Diogo. É verdade, a adaptação para Portugal está perfeita a esse ponto! Os nomes das personagens, os locais facilmente reconhecíveis na nossa capital e arredores, a própria sociedade, tudo foi pensado de forma a conquistar as leitoras portuguesas. Até ao ponto de mencionar a nova versão do lindíssimo fado de Amália, "Gaivota"...
E a escolha do título? Se inicialmente nos parece estranho, no final tudo faz sentido. ;)
Gostei mesmo muito!

Para mais informações sobre este livro ou outros da colecção Tiara, podem consultar aqui.

2 comentários:

Patrícia Cálão on 18/9/11 disse...

Ena! Já o leste =D Estou mais entusiasmada depois de ler a tua opinião. Vou tentar lê-lo esta semana.

Carla on 30/3/12 disse...

É mesmo chilena?... tenho as minhas dúvidas. Mesmo aparecendo na Wook tal informação. Esta autora não existe em mais lugar nenhum. Não acho informações dela em nenhum site estrangeiro, nenhum título original de algum livro que ela tenha escrito. A mim parece-me que tanto ela como a Matilda Wright são portuguesas e se estão a camuflar com a ajuda das editoras para conseguirem competir com as autoras estrangeiras que se vendem por cá muito bem. Ninguém me tira isto da cabeça.

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

Um dos melhores do ano!

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva
Leu o livro? Viu a série? O que espera para ler a sequela? Um final surpreendente para Gilead, e uma obra incrível vencedora bem merecida do Booker Prize.

Uma leitura obrigatória!

Uma leitura obrigatória!
“Moyes dá vida a um pedaço da história muitas vezes esquecido. (…) Uma carta de amor ao poder dos livros e da amizade.” Kirkus Review

Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)