Opinião: "Notas sobre o Luto" de Chimamanda Ngozi Adichie

Este pequeno livro (119x179x7 mm) encerra a dor imensa que é perder um pai que se ama e admira. 

Eu perdi a minha mãe no ano passado. Foram dias de grande agonia, de incompreensão, de uma dor imensurável que não conseguia sacudir. Fez um ano em julho que a vi partir. E ainda dói. Muito.

O que Chimamanda fez com este pequeno livro e com o partilhar do seu luto, foi dar nome à dor, ao sofrimento. Foi por em palavras as questões que ficam por responder. E ao abrir o seu coração, ajudar a sarar um pouco os nossos.

É um pequeno livro, mas tão grande, tão tão imenso.

Não dá para explicar. Há que o ler.


P.S. Foi também a minha introdução à escrita da autora, que adorei. Quero ler mais livros dela.

Opinião: ""Diz-me Quem Amas" de Jennifer Weiner

Mais um livro que morava na estante há algum tempo a ser despachado em tempo de férias! 

De entre todos os livros desta autora, este foi o que menos gostei. É, a meu ver, um livro mais para o género YA (Young Adult): Uma história de amor sobre dois adolescentes que se encontram e desencontram desde os 8 anos, e que no final acabam por ficar juntos, porque tem de ser.

Apesar de terno e comovente, e de ser algo interessante ver o crescimento das personagens, acabou ser um pouco previsível, e isso estragou a leitura para mim. Para além do mais falta-lhe aquele humor característico dos livros de Jennifer Weiner. 

Este não me encheu as medidas. Preferia ler a história destas mesmas personagens, mas a partir do fim deste livro. ;) Mas é um bom livro para quem gosta do género.


Em destaque: " O Fim" de Salvatore Scibona

Um primeiro romance imperdível que aborda, com delicadeza e capacidade de introspeção, os grandes temas da vida.


Sinopse:
15 de agosto de 1953. É dia de festa ruidosa e turbulenta em Elephant Park, um enclave de imigrantes italianos no norte do Ohio. Enquanto as festividades atingem um patamar frenético e trasbordam para as ruas, cinco membros da comunidade suportam o peso de um terrível segredo.
 
O padeiro da vila recebe uma notícia dolorosa, o joalheiro curva-se abnegadamente sobre o seu trabalho, uma costureira de cortinas fala em voz baixa pelo fio torcido de um telefone, um adolescente perturbado procura a liberdade fora da crescente multidão da festa e uma abortadeira idosa e ressentida mantém sob apertada vigilância a comunidade sobre a qual sente que está a perder o domínio.
 
Lentamente, à medida que estas personagens obstinadas e primorosamente desenhadas colidem entre si, torna-se evidente que, sepultada a grande profundidade nos seus corações, está a verdade há muito silenciada sobre o crime que assombrou o mundo de cada uma delas.
 
Criativo, explosivo, tendo em fundo as tensões raciais, espirituais e morais que deram origem à América moderna, O Fim assinala a brilhante estreia de Salvatore Scibona como uma voz nova e eletrizante na ficção americana.

Críticas da Imprensa: 

«Não é de admirar que Scibona, um italo-americano que trabalhou no livro durante uma década, tenha sido incluído pela New Yorker na sua lista – “20 under 40” – de jovens escritores a ter em conta.» The Guardian
 
«Faz-nos pensar não só em Faulkner, mas também em T. S. Eliot, Virgina Woolf, Gertrude Stein e James Joyce.» The Cleveland Plain Dealer

Sobre o autor:
Salvatore Scibona nasceu em 1975 em Cleveland, Ohio. É autor dos romances O Fim (2008) e The Volunteer (2019), de ensaios e de contos publicados em revistas literárias como a Threepenny ReviewBest New American Voices 2004The Pushcart Book of Short Stories: The Best Stories from a Quarter-Century of the Pushcart PrizeHarper's Bazaar e The New Yorker, entre outras. 

Foi distinguido com importantes prémios, incluindo o Guggenheim Fellowship, o Pushcart Prize, o O. Henry Award e o Whiting Award. Em 2010, foi escolhido pela The New Yorker como um dos 20 escritores mais promissores com menos de 40 anos. 

O Fim, o seu romance de estreia, foi finalista do National Book Award e vencedor do Young Lions Fiction Award da Biblioteca Pública de Nova Iorque.

Em destaque: "A Beleza de Viver Duas Vezes" de Sharon Stone

Sinopse:

Uma hemorragia cerebral fez com que Sharon Stone, uma das actrizes mais famosas do mundo, visse a saúde, a carreira, a família, a fortuna e a fama desabarem como um castelo de cartas. Agora conta na primeira pessoa o lento caminho de recuperação e como reconstruiu a vida. Num meio que não aceita o fracasso, Stone encontrou forças para voltar, coragem para falar e vontade de fazer a diferença na vida de homens, mulheres e crianças em todo o mundo.


Num tom pessoal e intimista, faz revelações chocantes sobre os bastidores de Instinto Fatal e outros papéis, fala das maiores decepções e das grandes concretizações. Conta como passou de uma infância traumática e violenta para uma carreira numa indústria onde acabou por encontrar o mesmo tipo de problemas, mas disfarçados pelo dinheiro e o glamour. Descreve também a força e o propósito que encontrou nos filhos e nas causas humanitárias a que se dedica e como se reconciliou com a família.

Críticas da Imprensa:

«Embora contenha revelações pessoais surpreendentes, é comovente o calor e a graça de Stone.»
Charles Arrowsmith, The Washington Post

«Um relato magnífico, imprevisível, cru… É engraçado; é chocante; é bom.»
The Times

«Electrizante»
The Sunday Times

Opinião: "Guerreiro da Paz" de Hélder Batista

Este foi outro dos livros que li nas férias. Oferta de um amigo que trabalha com o autor do livro. Sabendo-me leitora ávida e, conquistado pela história de Hélder Batista, ofereceu-mo com entusiasmo. E em boa hora o fez, pois realmente apesar de não ser uma leitura típica para as férias (levezinha, divertida) é uma história extraordinária de superação e conquista, apesar de muitas adversidades.

Hélder Batista foi abandonado pelos pais aos 8 anos. Inicialmente com dois irmãos mais pequenos, e depois sozinho ele sobreviveu como indigente durante uns bons anos, até que foi apanhado pelo sistema. A história da sua vida é impressionante. Mas mais impressionante é a forma como superou as dificuldades e aproveitou as parcas oportunidades que lhe surgiram.

Não está escrito de forma lamentosa ou queixosa. Desenganem-se se pensam que é mais uma história da carochinha. Porque não é. É simplesmente um relato de vida. E um inequívoco hino à conquista, à superação. É o canto de um guerreiro que venceu.

Um livro que recomendo sem hesitações.

==============================================

Deixo-vos a sinopse:

Toda a inspiração que precisamos quando os nos falta a coragem

Depois de ser abandonado pelos pais aos oito anos numa zona precária de Lisboa, Pedro via diariamente a sua vida a desmoronar. Primeiro, perdeu os dois irmãos, levados do abrigo em que viviam pela polícia quando ele - o irmão mais velho - procurava comida para lhe dar. Dali, sem ter para onde ir e a quem recorrer, Pedro mergulhou por anos na vida na rua, junto de tantos outros sem-abrigo embrulhados em cobertores imundos, escondidos debaixo de caixas de cartão adaptadas para acolher suas misérias, que mesmo a céu aberto e numa área central da cidade, pareciam completamente invisíveis ao resto do mundo.

Entretanto, contra todas as previsões, Pedro sobreviveu à indigência. Absolutamente do zero, criou uma carreira e um negócio de sucesso, comprovando que com determinação inabalável é possível darmos uma volta ao destino e alcançarmos nossos sonhos.
Guerreiro da Paz é uma história real e inspiradora sobre a essência da esperança.

Em destaque: "Um Fogo Lento" de Paula Hawkins

O livro mais aguardado do ano. 

O novo êxito da autora bestseller mundial.

Sinopse:
Um homem é encontrado brutalmente assassinado em Londres, dentro de um barco, o que levanta uma série de questões sobre três mulheres que o conheciam.

Laura é a jovem problemática que foi vista pela última vez com a vítima. Carla é a tia inconsolável, ainda de luto por outro familiar falecido pouco tempo antes. E Miriam é a vizinha bisbilhoteira que encontrou o corpo coberto de sangue, mas que claramente esconde segredos da polícia.

Três mulheres com ligações distintas a este homem. Três mulheres consumidas pelo ressentimento que estão ansiosas por se vingarem do mal que lhes foi infligido. E, quando toca a vingança, mesmo as melhores pessoas são capazes dos atos mais terríveis.

Até onde irão estas mulheres para encontrar a paz de espírito?
E durante quanto tempo podem os segredos arder em fogo lento antes de irromperem em chamas descontroladas?

Com a mesma força com que cativou dezenas de milhões de leitores em A Rapariga no Comboio e Escrito na Água, Paula Hawkins desenvolve brilhantemente uma história inesquecível de segredos, assassínio e vingança.


Críticas:

«Em Fogo Lento tem todas as reviravoltas que um grande thriller deveria ter, mas é também profundo, inteligente e imensamente humano… Paula Hawkins é a herdeira de Patricia Highsmith.»
Lee Child

Sobre a autora:
Paula Hawkins foi jornalista na área financeira durante quinze anos, antes de se dedicar inteiramente à escrita de ficção. Nascida e criada no Zimbabué, mudou-se para Londres em 1989, onde vive atualmente. A Rapariga no Comboio foi o seu primeiro livro e foi um verdadeiro fenómeno, tendo sido traduzido em mais de 40 línguas, com cerca de 23 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Em Portugal, foi também um enorme êxito, atingindo os 152 000 exemplares editados. Do livro resultou um filme de sucesso, protagonizado por Emily Blunt, que alcançou o primeiro lugar das bilheteiras.

Opinião: "Esta Noite, Fala-me de Amor" de Elin Hilderbrand

Nestas férias apeteceu-me livros que tinha em estante há já algum tempo. Este foi um deles.
"Esta Noite, Fala-me de Amor", The Matchmaker no original, é um dos livros de Elin Hilderbrand, editado pela ASA em 2015. A ação desenrola-se na paradisíaca ilha de Nantucket, como na grande maioria dos livros dela. É uma localização maravilhosa, que transmite a ideia de férias, romance, verão, mar... uma leitura perfeita para quem está de férias. Será que foi?

Pois, tal como na vida, nem sempre acontece o que estávamos à espera. E com esta leitura assim foi: houve partes que gostei mais do que outras, acontecimentos que me deixaram a pensar, e personagens que não me convenceram totalmente. A autora aborda temas bem interessantes, do foro familiar, mas não me convenceu totalmente.

No seu todo foi uma leitura que acabou por me agradar, já que o enredo está bem construído e a história bem contada. Mas não é uma leitura para as férias, isso não. Acho que prefiro os livros mais recentes desta autora.

Deixo-vos a sinopse:
A adorável Dabney Kimball Beech é uma lenda viva na ilha de Nantucket. Dabney estudou em Harvard e é uma profissional de sucesso. Mas o seu grande talento é outro: graças a um dom que muitos consideram místico, ela é a casamenteira perfeita. Quando duas pessoas são compatíveis, Dabney vê-as sob uma aura cor de rosa; quando não são, o tom que as envolve é um desolador esverdeado. Ela já juntou mais de quarenta casais. Apenas uma pessoa parece teimosamente imune à sua seta de Cupido: ela própria.

Por mau carma ou piada cósmica, Dabney perdeu o seu grande amor: Clen Hughes, o belíssimo homem de olhos verdes que lhe partiu o coração e que agora, tantos anos depois, está de volta
à ilha. A notícia deixa-a inquieta. A mera perspetiva de um reencontro é suficiente para lhe tirar o sono… e com razão.

Clen vem virar o seu pequeno mundo do avesso, algo que é simultaneamente maravilhoso e terrível.
Os deliciosos dias e noites que passam juntos não deixam antever a tempestade que se aproxima. No fim, Dabney terá de fazer novamente uso do seu dom… numa corrida contra o tempo.



Opinião: "A Última Casa em Needless Street" de Catriona Ward

Que livro!! Sabem aquele tipo de livros que assim começamos a ler, nos intriga de tal forma que não conseguimos parar? É este livro. Confesso que logo desde os primeiros capítulos percebi mais ou menos a engrenagem, mas estava longe de imaginar o final. Gostem ou não gostem, este é daqueles livros que não vão esquecer.

Faz 11 anos que desapareceu Lulu, irmã de Dee. A família, entretanto, desintegrou-se, mas Dee nunca desistiu de saber o que aconteceu naquele fatídico dia junto ao lago. As suas suspeitas caiem sobre Ted Bannerman, embora este tenha sido ilibado após investigação policial. Determinada, Dee muda-se para a casa ao lado de Ted, convencida que irá descobrir a verdade.

Ted é um homem estranho, para dizer o mínimo. Vive com a sua gata e de vez em quando tem a filha a passar algum tempo com ele. Mas na verdade, na vida de Ted, nem tudo o que parece é, e como Dee vai cruelmente descobrir, o mesmo se aplica a tudo o resto. E mais não posso dizer! 

Foi uma leitura compulsiva. A autora escreve ao ritmo de cada uma das personagens, por isso há capítulos que nos fogem à frente dos olhos, e há outros em que nos demoramos um pouco mais. O sofrimento está sempre presente, e apesar de apenas descobrimos a verdade nos últimos capítulos, o sentimento nunca nos abandona ao longo da história. É um livro que nos deixa um gosto amargo na boca. Mas não deixa de ser surpreendente. A forma como a autora captou a essência de Ted e de Dee, e no-la conseguiu transmitir tão perfeitamente, coloca-a no meu top de autores. Muito bom mesmo. Recomendo.

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

Um dos melhores do ano!

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva
Leu o livro? Viu a série? O que espera para ler a sequela? Um final surpreendente para Gilead, e uma obra incrível vencedora bem merecida do Booker Prize.

Uma leitura obrigatória!

Uma leitura obrigatória!
“Moyes dá vida a um pedaço da história muitas vezes esquecido. (…) Uma carta de amor ao poder dos livros e da amizade.” Kirkus Review

Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)