Em destaque: "O Livro do Anjo" de Alfredo Colitto

1313. A cidade de Veneza fervilha com os preparativos para a festa da Ascensão até que a maré alta traz à porta da Basílica de São Marcos os cadáveres de três crianças cristãs que haviam sido crucificadas. Um crime tão hediondo tem de ser expiado sem demoras. Eleazar de Worms, judeu, é acusado do homicídio e acaba por morrer na prisão. Na cela onde foi encarcerado, Eleazar deixa escrita uma misteriosa frase em latim.

Porque a terá escrito com o seu próprio sangue? Qual o seu significado?
Afinal, a macabra descoberta pode ter ligação com o Sefer-ha-Razim, o Livro dos Mistérios que, segundo a lenda, foi ditado pelo anjo Raziel a Noé que, por sua vez, o terá transcrito numa pequena «tábua» de safira. Mondino de Liuzzi, médico anatomista, parte para Veneza na
tentativa de ilibar o judeu. Quando este morre, Liuzzi decide continuar a investigar. O médico rapidamente percebe que terá de lutar contra os mais poderosos da cidade ao mesmo tempo que se encontra frente a frente com a mulher que ama e com aquela que amou no passado —
e talvez ainda ame. Sendo ele próprio perseguido, conta com a ajuda do seu amigo Gerardo para chegar à verdade. O jovem, outrora membro da Ordem dos Templários, tem também uma missão: pôr a salvo o precioso mapa de Lamberto de Saint-Omer, que indica o caminho para as Terras Austrais, para lá do oceano. Mondino, desafiando o poder de Veneza e arriscando a própria vida, terá de descobrir o enigma de uma antiga linhagem de guardiães que remonta aos tempos do dilúvio, numa história de intriga, mistérios e morte.

O que dizem os leitores internacionais…
Muito mais do que um thriller, muito mais do que um romance histórico
Estou fascinado com o carisma e a inteligência de Mondino de Liuzzi
Lê-se como se fôssemos o protagonista
Veneza na época dos Doges e Mondino de Liuzzi: uma combinação vencedora
Um belo romance
Descrições precisas e detalhadas do tempo, ambientes e costumes
Excelente reconstrução histórica

… e a imprensa
«Um thriller perfeito.» La Reppublica

«Colitto é um autor vivo e sanguíneo que não aprecia as tramas anémicas ou a narrativa débil, em que tanto se fala e nunca nada acontece.» Corriere della Sera

«Um fresco magistral, pleno de intriga e de sentimento.» Marcello Simoni

«Colitto faz-nos viver e respirar a história.» Don Winslow

«Colitto conquistou os leitores com os seus romances históricos.» Thriller Magazine

Sobre o autor:

Alfredo Colitto, além de escritor é tradutor e professor de escrita criativa. Ficou conhecido do grande público sobretudo pelos seus thrillers históricos que têm como protagonista o médico Mondino de Liuzzi: Cuore di Ferro (finalista do Prémio Salgari), I discepoli del fuoco (que venceu o prémio Franco Fedeli e o Prémio Mediterraneo del Giallo e del Noir) e O Livro do Anjo, distinguido com o Prémio Azzeccagarbugli 2011, que elege o melhor romance policial do ano em Itália. Os direitos dos seus livros foram vendidos para 21 países, entre os quais a Inglaterra, a França, o Canadá e o Brasil.

0 comentários:

Diane Chamberlain... já conhece esta autora?

Sveva Casati Modignani

Paulo Coelho está de volta!

Jojo Moyes - novo livro!

A não perder...

Novo livro

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2016 Blogger Template (Adapted by Fernanda)