Em destaque: "Quando eu era pequenina" de Luísa Castel-Branco

Uma encantatória viagem à Lisboa de antigamente e ao Portugal da nossa meninice.


Sinopse:
O tempo da infância é diferente de todos os outros. É repleto de magia, de risos e lágrimas, de medos e desafios. Durante a infância, temos a certeza de que tudo vai ser possível e não sabemos que nunca mais voltaremos a sentir-nos assim. Sob a forma de emoções, e alimentando pensamentos, ficam memórias construídas com as coisas mais estranhas, como se de um edifício ou de um jardim desenhado com cuidado e desvelo se tratasse.

Neste livro, o primeiro de uma trilogia dedicada à infância e às memórias, ao amor e aos filhos, e ao envelhecimento e à morte, Luísa Castel-Branco leva o leitor pela mão até à ruralidade dos arredores da Lisboa dos anos 1950 e 1960, uma realidade povoada de grandes árvores bravias, de gado pachorrento, de personagens estranhas, de bailaricos apaixonantes e de mistérios familiares. E à memória tanto nos vem o cheiro a terra molhada de quando íamos para a escola e o outono começava a aparecer devagarinho, como o toque daquele vestido de que tanto gostávamos e que nos fazia sentir tão crescidas.

Verdadeiro e corajoso, delicado e afetuoso, arrancado do fundo da alma, Quando Eu Era Pequenina, de Luísa Castel-Branco, é uma obra preciosa, à qual nenhum coração sensível poderá ficar indiferente.

Sobre a autora:
Luísa Castel-Branco nasceu em Lisboa, em 1954. A sua vida esteve desde sempre ligada à comunicação: começou por colaborar no jornal Semanário e mais tarde fez parte do grupo fundador da revista Máxima. Foi assessora de imprensa de vários gabinetes ministeriais e criou uma agência de comunicação, dedicando-se à área do marketing político. Em 1999, foi convidada a integrar o projeto CNL, onde começou a sua carreira televisiva. Depois do talk show «Luísa», apresentou o concurso «Dinheiro à Vista» (TVI), seguido de «Emoções Fortes» e «O Elo Mais Fraco» (RTP1). Na SIC Mulher, apresentou «Vícios e Virtudes» e participou ainda em «Eles por Elas». Nos últimos sete anos, foi comentadora do programa «Passadeira Vermelha». Depois de em 2001 ter publicado Luísa – o seu primeiro livro –, estreou-se no romance com Alma e os Mistérios da Vida, uma obra que convenceu a crítica e conquistou o público. Desde então, publicou mais 11 títulos.

0 comentários:

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

Um dos melhores do ano!

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva
Leu o livro? Viu a série? O que espera para ler a sequela? Um final surpreendente para Gilead, e uma obra incrível vencedora bem merecida do Booker Prize.

Uma leitura obrigatória!

Uma leitura obrigatória!
“Moyes dá vida a um pedaço da história muitas vezes esquecido. (…) Uma carta de amor ao poder dos livros e da amizade.” Kirkus Review

Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)