Opinião: "A Amiga Genial" de Elena Ferrante (A Amiga Genial - Primeiro Volume)

Demorei muito tempo a começar esta leitura. Primeiro, desconfiei do rebuliço à volta da autora. Deixei passar a euforia, toda a gente tinha algo a dizer sobre esta tetralogia. Ao fim de uns tempos, comecei finalmente a comprar os livros. Quando os tinha todos na estante, hesitei, com medo de me desiludir. E enfim, cinco após a publicação do primeiro livro em Portugal, finalmente leio A Amiga Genial.

Mistério à parte (acho que ainda não se tem a certeza absoluta de quem é Elena Ferrante), não há dúvida que a sua escrita é viciante. Talvez seja essa a verdade por trás do mistério, já que a própria o disse por diversas vezes, a ausência (não o anonimato) existe para que os textos tenham a supremacia sobre tudo o resto.

Tudo começa quando o filho de Lila, Rino, liga a Lenù e diz-lhe que a sua amiga, de há já sessenta anos, desapareceu. E Lenù começa a contar-nos a história da sua amizade. 

Lenù e Lila são duas meninas, residentes num dos bairros pobres de Nápoles, que se conhecem na Escola Primária. Lila é inteligente, sagaz, corajosa e determinada. Lenù admira-a, inveja-a, quer ser como ela. E o livro aborda basicamente isto, uma amizade que começa na infância e se estende para a adolescência. Por vezes soa quase como uma telenovela. Mas na realidade acaba por ser muito mais. 

Não só descreve na perfeição o que a amizade no feminino, com todas as suas dores e mágoas, dificuldades e vitórias, como sub-repticiamente, a autora vai-nos revelando coisas sobre o bairro, sobre a vida naquela altura, naquele local. Como é ser parte de um bairro daqueles, em que todos se conhecem e há ódios antigos que condicionam a vida. Sem darmos por isso, vamos decompondo a história de um povo, de uma nação. 

As personagens são tão reais, tão bem construídas, que quase conseguimos visualizá-las. Lenú e Lila são tão diferentes como duas gotas de água, no entanto, compõem-se, completam-se. Nem sei qual delas é a amiga genial. A sua amizade é realmente o mote de todo o livro, e leva-nos a imensas interrogações e até a recordações da nossa própria infância..

Todo o burburinho à volta destes livros parece-me merecido. Esta leitura não desiludiu e que venha o próximo: A História do Novo Nome.

0 comentários:

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

O Regresso de Isabel Allende

O Regresso de Isabel Allende
Uma viagem maravilhosa.

A fabulosa Tetralogia Napolitana - Amiga Genial

A fabulosa Tetralogia Napolitana - Amiga Genial
Espreite a minha opinião e decida-se finalmente a ler os livros de que todos falam.

O que espera por ter estes dois livros na sua estante?

O que espera por ter estes dois livros na sua estante?
Maria Dueñas, a autora, é uma verdadeira contadora de histórias. Encanta-nos, quase que nos hipnotiza, e leva-nos de mão dada até lugares e situações longínquas no tempo. - Fernanda Carvalho de "As Leituras da Fernanda"

"Gente Feita de Terra" - o último livro de Carla M. Soares.

"Gente Feita de Terra" - o último livro de Carla M. Soares.
Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)