"Cativa na Arábia" de Cristina Morató

Tenho alguma dificuldade em ler biografias. Ou o sujeito biografado é realmente alguém que me interessa e a leitura me apaixona, ou acabo por achar a leitura enfastiante, acabando eventualmente por desistir.

Com este livro não sei o que me aconteceu.

Marga d’Andurain não foi de todo uma personagem que me cativou. Era uma mulher desconhecida, uma suposta espia, uma prometida heroína, e sim, uma autêntica aventureira das arábias. Mas todos os seus grandes planos acabaram por sair furados, as aventuras que decidiu empreender não a levaram a lugar algum, e nem como mãe ela se viu realizada. Não foi sem dúvida uma mulher modelo ou que servisse de inspiração, muito pelo contrário.

Talvez tenha sido a forma como a autora conta a história da vida desta mulher, quase que como falando de uma amiga íntima. Apesar de eu achar os capítulos um pouco longos demais, não achei que ela me saturasse com datas e documentos, e factos históricos em demasia. Ajudou, sim, a recriar a personalidade desta falsa condessa ao introduzir pequenas histórias e situações ao longo da narrativa.

A autora, Cristina Morató, tem bastante experiência na construção de biografias de grandes viajantes e exploradoras, e teve acesso directo à voz de Marga através do seu livro autobiográfico “Mari-Passeport” (Marido-Passaporte), por diversas vezes mencionado, onde esta fala das suas aventuras pela a Arábia. Mas também pode contar com a ajuda de uma testemunha preciosa – o próprio filho de Marga, Jacques d’Andurain, através do qual ficamos a conhecer melhor esta misteriosa mulher, que foi por diversas vezes acusada de assassínio.
No fim fica a dúvida, quem foi realmente Marga d’Andurain?

Talvez tivesse sido uma leitura mais apaixonante se tivesse sido apresentada como um romance. No entanto, e segundo as palavras da autora, “com a vida que esta mulher levou, teria sido um romance inverosímil”.

Sinopse:
A vida da condessa Marga d’Andurain é um autêntico livro de aventuras. Drama, aventura, intriga, acção, exotismo são alguns dos ingredientes de Cativa na Arábia.
Nascida no seio de uma família da burguesia basca francesa, foi uma mulher à frente do seu tempo. Rebelde, transgressora e apaixonada, viajou da sua Baiona natal até cidades lendárias como o Cairo, Beirute, Damasco ou Tânger, onde protagonizou façanhas incríveis que lhe valeram títulos como «A Mata Hari do deserto», «A Condessa dos vinte crimes» ou «A amante de Lawrence da Arábia». Marga d’Andurain espiou para os britânicos, dirigiu juntamente com o marido um hotel no deserto sírio e propôs-se ser a primeira ocidental a entrar em Meca. Para isso, já divorciada, casou-se com um beduíno e converteu-se ao Islão. A sua viagem ao coração da Arábia foi um autêntico pesadelo, ao ser fechada num harém e mais tarde encarcerada na terrível prisão de Yidda. Ao abandonar o Próximo Oriente, dedicou-se ao tráfico de ópio em Paris, ocupada pelos nazis, acabando por ser assassinada em Tânger.
Mas quem era na realidade esta mulher? Uma perigosa espia, uma assassina ou apenas uma audaciosa viajante?

5 comentários:

Ana C. Nunes on 20/5/10 disse...

Nunca li uma biografia, e talvez isso seja uma lacuna que devo corrigir, mas acontece-me o mesmo que descreves no início do post, pois a menos que seja uma personagem super-cativante, acredito que me fosse aborrecer muito depressa.
Não conheço a senhora cuja vida está descrita neste livro, mas parece muito interessante.


Tens um novo selo no meu blog: http://florestadelivros.blogspot.com/2010/03/selos.html

B. on 20/5/10 disse...

Olá Fernanda!
temos dois selinhos para ti..
bjinhs

Landslide on 20/5/10 disse...

Olá Fernanda! Também tenho uns selinhos para ti no meu blog...

Beijinhos

Ferncarvalho on 21/5/10 disse...

Landslide: e qual é o teu blog? :)

Landslide on 21/5/10 disse...

Ups... Desculpa, isto dos selos ainda é novidade para mim.

http://tantoslivrostaopoucotempo.blogspot.com/2010/05/selinhos.html

Gostei tanto deste livro!!

Gostei tanto deste livro!!

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)