"O Cão que Perdeu o Rebanho" de Consol Iranzo

Todos nós crescemos com as histórias contadas pelas nossas mães, pais, avós. Histórias que tinham sempre uma moral, fábulas com as quais aprendemos, e que até talvez nos tenham ajudado a moldar a nossa personalidade.
Depois, já jovens adultos, também pudemos descobrir algumas fábulas mais modernas, mas não menos interessantes. “O Principezinho”, por exemplo, foi uma linda fábula com a qual me deliciei e aprendi.

Confesso que, apesar de tudo, não sou grande fã de fábulas, mas quando este pequeno livro me caiu nas mãos senti-me cativada pela simpática capa. Depois, em lugar de destaque estava uma frase que me intrigou: “Todos precisamos de alguém que nos indique o caminho”. E dei por mim a pensar, sim, é verdade, de vez em quando precisamos de uma ajuda, de um apoio, de um “empurrãozinho”… e sem que desse por isso já estava a ler a história de Socri, “O Cão que Perdeu o Rebanho”.
Socri e a jornada que os seus amigos levam a cabo fizeram-me lembrar um pouco “O Feiticeiro de Oz”, mais uma fábula da nossa infância. E foi com prazer que cheguei ao fim desta simpática história, onde a confiança, a união e a amizade tiveram um papel tão importante. No entanto, não menos importante que o Mocho, o “coach” que ajudou aqueles quatro amigos a chegarem a inequívocas conclusões sobre as suas qualidades.

Sinopse:
No livro O Cão que Perdeu o Rebanho, Socri é um cão que acaba de ser abandonado.
Depois de longos anos dedicado a proteger o rebanho do seu dono, não sabe o que há-de fazer e parte em busca de alguém que o possa ajudar… Nesta viagem encontra outros animais e, juntos, vão aprender a valorizar os seus talentos – mesmo os mais ocultos -, a mudar os aspectos de que menos gostam em si próprios e a dar um novo rumo à sua vida.

Protagonizada pelos habitantes de um bosque imaginário, cujos comportamentos são facilmente identificáveis no mundo dos humanos, a fábula O Cão que Perdeu o Rebanho narra as aventuras vividas por um grupo de animais – um cão, um leão, uma
serpente e uma toupeira – até descobrirem algumas das suas habilidades ocultas e consequentemente um mundo de novas possibilidades.

O Cão que Perdeu o Rebanho é um livro sobre coaching e técnicas de desenvolvimento pessoal. Consol Iranzo, especialista com mais de 20 anos de experiência na área dos Recursos Humanos e autora desta singular fábula, explica como identificar e realçar todas as capacidades individuais, mesmo aquelas que se desconhecem.
O coaching é entendido como um conjunto de ferramentas que salienta o que de melhor há em cada ser humano. Reconhecer talentos escondidos, tornar-se mais auto-confiante e ter uma atitude positiva perante as adversidades são as grandes linhas de orientação desta disciplina.

1 comentários:

Angelina Violante on 17/2/11 disse...

Bem agora fiquei curiosa, com a tua opinião.
Será que o livro é teu?
E quando te devolver o que tenho cá mo emprestas?

Fazes cá com cada descoberta.

Beijinhos

Gostei tanto deste livro!!

Gostei tanto deste livro!!

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)