"Huck" de Janet Elder

Bem, este é mesmo um livrinho que se lê num ápice. :) Li-o praticamente num par de horas. Não que a história não tenha consistência (ou sumo, como já ouvi dizer. lol) bem pelo contrário. A questão é que a partir de um certo momento a narrativa lança-se numa corrida vertiginosa e damos por nós, quase ofegantes, a correr atrás dela.

Esta é a história de Huck, um pequeno poodle de 9 meses que desaparece, deixando a sua família de adopção completamente destroçada, não só devido à difícil situação familiar pela qual tinham acabado de passar (a mãe acabava de sobreviver a um cancro da mama), como pelo facto de ter sido o mais desejado amigo de Michael, o filho do casal, um rapazinho de 11 anos que desde que sabia falar pedia aos pais por um cão.
Mas na verdade este pequeno livro acaba por ser muito mais do que isso. É um testemunho do quanto o ser humano é capaz de bondade, amizade e solidariedade, quando a isso se predispõe. Uma historia verdadeira, que escrita quase como uma notícia (ou não fosse a autora uma jornalista) é uma autêntica lição de vida e uma prova de como ainda vale a pena ter esperança na humanidade.
Gostei imenso!

Sinopse:
Na tradição de livros como Dewey, Um Leão Chamado Christian ou Oogy, Huck conta a extraordinária história de uma família que aprendeu uma importante lição de coragem, persistência e generosidade… tudo graças a um pequeno poodle anão.
Depois de ser diagnosticada com cancro da mama, Janet Elder teve de passar pelo desgaste físico e emocional de um longo período de tratamento. Ultrapassado este desafio, ela e o marido, Richard, decidem ceder aos intermináveis pedidos do filho, Michael, que sempre quis ter um cachorrinho. Nada melhor, pensam todos, para assinalar um novo começo de vida. Huck, um simpático poodle anão, passa a fazer parte da família.
Mas um dia, quando a família está de férias na Florida, recebem uma notícia avassaladora: Huck, que tinha ficado em casa da irmã de Janet, em Nova Jérsia, tinha fugido. Janet, Richard e Michael apanham o próximo voo de volta a casa e começam imediatamente à procura do pequeno Huck. É uma corrida contra o tempo, pois o cachorrinho tem apenas 9 meses e está perdido numa zona que não conhece, exposto ao frio, à chuva e ao risco de atropelamento. Pouco a pouco, os habitantes da pequena cidade de Ramsey, Nova Jérsia – desde o chefe da polícia até às crianças da escola primária – ajudam-nos na sua busca, num comovente testemunho de solidariedade.
Huck é uma história comovente e emocionante que nos faz lembrar que a esperança é sempre recompensada e que os finais felizes existem mesmo.

Sobre a autora:
Janet Elder é editora sénior do New York Times.
Vive em Nova Iorque com o marido, o filho e o cão da família, Huck.

1 comentários:

Rita on 25/8/11 disse...

Olá Fernanda! :)

Adquiri recentemente este livro muito devido à capa, coisa que já não fazia há muito tempo, mas gostei de ler a tua opinião. Parece ser realmente interessante e enternecedor. Espero achar o mesmo e será das minhas próximas leituras. :)

Beijinhos.

Gostei tanto deste livro!!

Gostei tanto deste livro!!

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)