Em destaque: “A Vida Peculiar de um Carteiro Solitário” de Denis Thériault

Como reagiria se descobrisse que o carteiro abre as suas cartas?

Sinopse:
Esta é a história de um carteiro solitário que vive a sua vida através dos outros, lendo a correspondência alheia antes de a entregar aos destinatários. Inesperadamente, esse carteiro assume a existência de outro homem e aproxima-se da mulher por quem se apaixonara. E assim começa uma apaixonante história de amor, uma relação única, intensa e bela vivida apenas através das cartas e dos poemas que trocam entre si. Mas durante quanto tempo poderá Bilodo continuar a viver aquela mentira - e aquele amor? Num registo intimista e tocante, Thériault explora os temas do amor, da imaginação, do sonho e das dimensões inconscientes do espírito humano.

Sobre o autor:
Denis Thériault é um dos mais premiados escritores canadianos. Licenciado em Psicologia, tem-se dedicado à escrita de romances e argumentos. A sua primeira obra, L’iguane, foi distinguida com o Prix Anne-Hébert, o Prix Odyssée para o melhor romance de estreia e o Prix France Québec/Jean Hamelin.

Críticas de imprensa:

«Um livro absolutamente cativante, em que tudo acontece em câmara lenta, como se de um sonho se tratasse. Denis Thériault revela-se um espantoso contador de histórias.» Le Devoir

«Uma história breve e perfeita.» Montreal Review of Books


0 comentários:

Primeira leitura de 2018 = 8 estrelas!

Até onde vai uma mãe para proteger o seu filho?

Em 2017 apaixonei-me por uma Formiga.

Em 2017 apaixonei-me por uma Formiga.
No livro "Onde Cantam os Grilos"

Um livro magistral! Para mim, o melhor de 2017!

Uma leitura magnífica.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)