"A Mulher do Capitão" de Ludgero Santos

Mais uma história de amor proibida, apimentada pelos sabores e cheiros de Angola, e estrangulada por uma mentalidade e uma guerra sem sentido.
É o segundo livro de Ludgero dos Santos que leio, e embora o primeiro seja sem dúvida arrebatador, este também não lhe fica muito atrás. Acho que o autor aperfeiçoou a arte de descrever emoções, conseguindo imprimir-lhes um cunho de crescendo, dando assim mais interesse à narrativa. Também se nota que diminuiu um pouco a parte descritiva, que por acaso foi o que mais me agradou no primeiro livro. Talvez por isso, este não me tenha conquistado tão intensamente. Mas o que lhe faltou na essência de África, sobejou-lhe no romance em si, tornando a história muito equilibrada, bem contada e plena de personagens magníficos, pelos quais não resistimos a nos apaixonar.
Foi uma leitura que muito me agradou.
Mais uma vez o meu obrigada, Ludgero.

Fico a aguardar uma próxima publicação. Acha que será possível que um próximo livro venha a ter como local principal a nossa capital durante a mesma época? Gostei muito do pouco que deu a conhecer de Lisboa neste romance e fiquei sequiosa de mais. Terei sorte? ;)

Para mais informações sobre este livro podem consultar aqui ou no site da editora Alfarroba.

2 comentários:

Ludgero Santos disse...

Olá Fernanda.
Antes de mais, muito obrigado pela apreciação ao livro.
O descritivo, infelizmente para autores desconhecidos, é obrigatório a fim de reduzir o preço à obra.
Não sou escritor, sou autor de dois romances, apenas. Mas penso que escritor ou autor, todo aquele que escreve empresta sempre um pouco do seu carácter ao que escreve.
Escrevo o que sinto e o que já senti. E também, o que já vivi.
Talvez porque em toda a minha vida sempre as mulheres prevaleceram. Era mãe, eram tias, irmãs, primas. Mais tarde amigas. Com umas simpatizei, de outras gostei e só uma amei. E quando isso aconteceu, foi eterno.
E veja ainda o mais estranho. Tive filhas e netas. Sempre e só mulheres na minha vida. Elas moldaram o meu carácter, de de certo modo, influenciaram a minha personalidade. Penso
Por isso gosto de escrever sobre amor e sentimentos, mas sobretudo, gosto de escrever sobre a perfeição da Natureza, a obra-prima da Criação; a mulher.

Os meus cumprimentos e um BFS.

PS: Vou ver se arranjo alguns para que possa fazer um passatempo com os seus leitores.

Ludgero

Ludgero Santos disse...

Olá Fernanda.
Os votos de bom fim-de-semana que lhe desejei tão antempadamente, têm uma justificação.
Imagine que: devido ao facto de ter sido uma noitada daquelas com futebol; foram as provas da UEFA, depois um Real Madrid x Barcelona seguido de um Portugal x França, perdi-me pela noite adentro e pensava que já era fim-de-semana.

Eheh...

cumprimentos.

Ludgero

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

Uma história maravilhosa!

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)