"Nas Asas do Amanhã" de Sarah Sundin (opinião)


Um dos meus cenários favoritos para uma história, é sem dúvida a Segunda Guerra Mundial. Acho fascinante descobrir mais sobre essa época que influenciou quem hoje somos, a reestruturação da Europa e a aliança forjada com os E.U.A.

Com esta série fabulosa da Quinta Essência, “Nas Asas da Glória” aprendi imenso. Combati contra os nazis dentro de uma fortaleza voadora, fui enfermeira num hospital em Inglaterra e mais tarde “enfermeira do ar”, testemunhei atos de bravura, cumprimentei heróis, chorei a sua perda e vibrei com a vitória. Foi uma aventura constante, ao longo destes três livros!
Mas constante foi também a presença do Amor, da Coragem e da . Um rol de personagens maravilhoso deram vida àqueles que viveram o acontecimento, nunca descurando estes três valores.

Dos três livros, que devorei com igual intensidade, este terceiro é o meu favorito. Talvez porque uma das personagens principais seja mãe, e nos seja apresentada com as suas dúvidas e fraquezas, ao mesmo tempo que tenta encontrar o seu caminho. Ou talvez porque este livro, mais do que os outros, aborda o papel que as mulheres tiveram na Segunda Guerra. Pelo menos as mulheres que ficaram em casa, já que as outras que partiram para o cenário de guerra foram contempladas nos outros dois livros.


Estas mulheres eram convidadas de todas as formas e feitios a participar no esforço de guerra, quer respeitando o racionamento, quer aderindo às Hortas para a Vitória, quer indo preencher as vagas deixadas pelos homens em fábricas, ou quer ainda, como a heroína deste “Nas Asas do Amanhã”, aderindo ao voluntariado (fazendo meias e ligaduras) e organizando angariações de fundos.

No meio de todo este cenário, é claro, temos um romance a decorrer. Um romance com os seus altos e baixos, condicionado pela sociedade de uma pequena localidade, pelos traumas e receios de ambos os protagonistas, e pelas agruras da vida, mas que como qualquer boa história de amor, termina bem.

A meu ver, Sarah Sundin fez um belíssimo trabalho. Não só nos presenteou com três histórias muito bem construídas e magnificamente entrelaçadas, como ao longo dos três livros conseguiu uma apresentação original e envolvente. É uma autora que vou guardar num local especial do meu coração.
Agradeço também à Quinta Essência por ma ter apresentado!! :)


Para mais informações sobre este livro espreitem aqui ou visitem a página do mesmo no site da Quinta Essência » aqui.

Sobre os outros dois livros, podem ler a minha opinião:
“Nas Asas do Amor” –  Asas de Glória (Livro I) » aqui.
“Nas Asas da Memória” – Asas de Glória (Livro II) » aqui.



1 comentários:

Marisa Luna on 16/4/13 disse...

Boa tarde.
Deixei-lhe 2 selos no meu blogue.
Beijocas

Diane Chamberlain... já conhece esta autora?

Sveva Casati Modignani

Paulo Coelho está de volta!

Jojo Moyes - novo livro!

A não perder...

Novo livro

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2016 Blogger Template (Adapted by Fernanda)