Opinião: "A Mulher de Cabelos Loiros e o Homem de Chapéu" de Deborah McKinlay

Confesso que uma das coisas que me incomoda imenso nesta vida das leituras, são os títulos dos livros nas traduções para português. Muitas vezes não têm nada a ver com o título original, e às vezes nem sequer têm a ver com a história! Mas percebo que dê trabalho encontrar um título original e cativante.

No caso deste livro, apesar de não ter nada a ver com o título original (That Part Was True), o título que a editora arranjou é fenomenal! Adorei!! "A Mulher de Cabelos Loiros e o Homem de Chapéu" é um título que nos obriga a tirar o livro da estante numa livraria. Não concordam? 

Bem, depois desse passo, é natural que queiramos dar uma vista de olhos à sinopse, para ver de que trata um livro com tão fabuloso título. E aí, caros amigos, é que ficamos agarrados. Pelo menos nós, os maluquinhos dos livros.

«Tudo começa com uma carta.
Eve Petworth escreve-a com o objetivo de felicitar um dos seus escritores favoritos»

E pronto. Não houve volta a dar. O livro veio para casa comigo. Nem me dei ao trabalho de ler o resto da sinopse. (Que me desculpe a editora, pois sei o trabalho que dá compilar as ditas cujas!)

Bem, entrei na leitura sem quaisquer expectativas, mas rapidamente fiquei agradavelmente surpreendida com o tom da escrita de Deborah McKinlay. A meu ver, este não é um livro para ser lido. É para ser degustado. Deixar derreter as palavras na nossa mente, enquanto vamos apreciando a história.

O enredo é interessante - leiam a sinopse aqui - mas a grande riqueza do livro está mesmo na forma como está escrito. E nas personagens, claro. Eve é uma personagem maravilhosa que adorei conhecer. Uma inglesa de quarenta e muitos, que me fez lembrar uma Jane Eyre, mas mais enclausurada dentro de si própria. É uma mulher adorável e é incrível acompanhar o seu desabrochar ao longo do livro.
Jackson Cooper, não é um dos homens mais agradáveis ao cimo da terra, mas ao entrar nos cinquenta, e ao mesmo tempo que a sua vida dá mais uma reviravolta para o lado errado, entra numa troca de correspondência inocente com Eve. O que acontece, meus caros, não é um desenrolar de um romance nem nada que se pareça. O que acontece é pura magia. À medida que trocam receitas e alguns pormenores sobre a sua vida pessoal por correspondência, e apesar de se encontrarem em diferentes continentes e nunca se terem cruzado, Eve e Jackson crescem enquanto pessoas, e resolvem as suas vidas. 

Este é um livro especial. Interessante, para ser lido com calma e alguma introspeção.
Muito bom. :)

3 comentários:

isa on 16/10/14 disse...

mais um que gostava de ler :)

Lídia Craveiro on 22/10/14 disse...

O próximo que vou comprar. Estou convencida.

isa on 23/10/14 disse...

tinha mesmo de o ler, já o li e adorei :)

Diane Chamberlain... já conhece esta autora?

Sveva Casati Modignani

Paulo Coelho está de volta!

Jojo Moyes - novo livro!

A não perder...

Novo livro

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2016 Blogger Template (Adapted by Fernanda)