Opinião: "Invisível" de James Patterson

Ok. Eu não roo as unhas. Gosto de ter as unhas ligeiramente compridas, mas não muito, pois acho que é mais higiénico. E embora por vezes as pinte, são sempre tons muito suaves, no máximo à francesa, para quem percebe do assunto. Mas uma coisa é certa: eu não roo as unhas. Até ontem.
As minhas unhas estão uma desgraça! Obrigadinha, Sr. James Patterson! Acho que vou começar a classificar os policiais pela resistência das minhas unhas!

Bem, para além de me ter enervado imenso a ler este livro, o que significa que não só está muito bem escrito, é viciante e a história não nos deixa em paz mesmo quando não estamos a ler, li-o em tempo recorde, dois diazitos... aos bochechos, claro.

Sem dúvida que ultrapassa todos os policiais que li nos últimos tempos e olhem que não resisto a incluir os episódios de Mentes Criminosas, série que adoro. O serial killer é fenomenal! Um fulano que nos irrita até à medula, ou melhor dizendo, até ao sabugo das unhas. Lol Não consegui descobrir quem era, e o final foi mesmo surpreendente. Embora sobre isto tenha de desabafar convosco. Já me decidi e vou tentar entrar em contacto com James Patterson. É que, a meu ver, existe um erro bastante grande, que nos leva para uma direção quando na verdade deveríamos ir para outra. Não posso adiantar mais sobre o assunto, pois não quero estragar-vos nem influenciar-vos a leitura, mas voltarei a esta questão daqui a uns tempos. Entretanto, deixo-vos com o desafio de descobrirem a que erro me refiro. Dou-vos uma ajuda... está nos capítulos do serial killer. Acreditem! Deixou-me mesmo danada.
(Se encontrarem esse erro, ou tiverem dúvidas sobre o que falo depois de lerem o livro, contactem-me por email! Pleeeease! Preciso de falar sobre o assunto. lol)

Em relação às outras personagens, devo dizer que me identifiquei imenso com Emma, a personagem principal. Gostei da sua persistência e teimosia, e ao mesmo tempo da forma como lida com as suas vulnerabilidades. O agente Books - que nome hein? ;) - é uma figura muiiiiito interessante, e desempenha na perfeição o seu papel no enredo.
Relativamente à ação? Não há dúvida. Encontramos o habitual ritmo alucinante dos policiais de Patterson. 
É mais um livro a não perder! :)

Para mais informações sobre este livro, clique aqui.


0 comentários:

Diane Chamberlain... já conhece esta autora?

Sveva Casati Modignani

Paulo Coelho está de volta!

Jojo Moyes - novo livro!

A não perder...

Novo livro

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2016 Blogger Template (Adapted by Fernanda)