Opinião: "Recomeçar" de María Dueñas

Esta foi uma leitura interessante. Um pouco difícil no início talvez, mas também não posso deixar de identificar que o entusiasmo e expectativa que tinha deste novo livro de uma autora que me arrebatou com "O Tempo Entre Costuras", contribuiram para a minha dificuldade.
É que não é uma história semelhante, nem tão pouco que se pareça, por isso que se desengane quem for comprar este livro por causa do anterior. É uma história interessante por si só, um livro completamente diferente mas muitíssimo bem escrito por Maria Dueñas, e não sei até que ponto (devido ao que li nos agradecimentos finais) se baseará em alguns eventos reais da vida da própria.

As vidas das três personagens principais ditam o andamento da história:
Blanca Perea, uma professora de 45 anos, com um bom curriculum e uma carreira consolidada, que está atualmente a passar por uma separação complicada e decide aceitar um cargo de "arquivista" numa universidade nos EUA, para organizar o espólio de um falecido diretor daquela instituição, Andrés Fontanaque dedicou grande parte da sua vida à pesquisa das missões franciscanas fundadas na Califórnia.
Por fim, Daniel Carter, um professor de uma outra universidade, é o elo de ligação entre os dois primeiros, não só por ter sido aluno e amigo de Andrés Fontana, como por se ter tornado amigo de Blanca Perea.

A história vai saltitando entre as vidas destes três, andando para a frente e para trás no tempo, conforme a necessidade. Se inicialmente estes saltos temporais me fizeram confusão, logo me habituei, e acabei por encará-los com naturalidade, quase que como histórias dentro da própria história, que contribuem grandemente para o desenrolar da mesma.

Durante a leitura reparei como a autora consegue mostrar-nos subtilmente determinados sentimentos que certas personagens escondem por baixo de uma superfície aparentemente calma, mas com os quais elas têm de lidar quando se encontram sózinhas. A raiva e a frustração, a admissão e a reconciliação, são coisas pelas quais todos nós já passámos, e a meu ver é magnífica a forma como ela consegue transpor para o papel esta mistura de emoções.

Foi sem dúvida uma leitura interessante, que me surpreendeu bastante. Não só por ser completamente diferente do livro anterior, como pelo seu próprio mérito e qualidade.

Para mais informações, queiram espreitar aqui ou visitar a página do livro no site da Porto Editora » aqui.



2 comentários:

Denise on 30/11/14 disse...

Olá Fernanda :)

Tenho ambos os livros da autora na estante, à minha espera...!

Boas leituras!

Cláudia Marisa Santos on 1/12/14 disse...

Nunca li esta autora. Já tive este livro várias vezes na mão com o intuito de o comprar. No entanto a sinopse deixa-me sempre um pouco receosa. Sinto que deverá ser um livro profundo e que me irá tocar profundamente. Como nesta altura ando à procura de leituras mais leves, acabo sempre por desistir. Parece que o meu feeling não estava errado. Trata-se de um livro profundo e com complexidade emocional, não é verdade?

Diane Chamberlain... já conhece esta autora?

Sveva Casati Modignani

Paulo Coelho está de volta!

Jojo Moyes - novo livro!

A não perder...

Novo livro

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2016 Blogger Template (Adapted by Fernanda)