Em destaque: "A Bastarda de Istambul" de Elif Shafak

Sinopse:
Numa tarde de chuva em Istambul, uma mulher entra num consultório médico. «Preciso de fazer um aborto», declara. Tem dezanove anos de idade e é solteira. O que acontece naquela tarde mudará para sempre a sua vida.

Vinte anos mais tarde, Asya Kazancı vive com sua família alargada em Istambul. Devido a uma misteriosa maldição que caiu sobre a família, todos os homens Kazancı morrem aos quarenta e poucos anos, e por isso é apenas uma casa de mulheres. Entre estas destaca-se a bela e rebelde mãe de Asya, Zeliha, que dirige um estúdio de tatuagens; Banu, que recentemente descobriu que é vidente; Feride, uma hipocondríaca obcecada com a iminência da tragédia. Quando a prima de Asya, Armanoush, uma arménio-̵ americana, vem para ficar, segredos de família há muito tempo escondidos, relacionados com o passado tumultuoso da Turquia, começam a ser revelados.

Nomeado para o Orange Prize For Fiction

Citações e Críticas:
«Avassalador, ambicioso, exuberante.» The Observer

«Incrível, mágico, surpreendente... O leitor irá suster a respiração, incrédulo, nas últimas páginas.» Sunday Express

«Um livro belíssimo, do melhor que tenho lido sobre a Turquia.» Irish Times

«De partir o coração...» Vogue

«Um verdadeiro prazer.» The Times

Sobre a autora:

Elif Shafak nasceu em Estrasburgo, França, em 1971. É uma romancista premiada e a autora mais lida na Turquia. A crítica tem-na aclamado como uma das vozes mais originais da literatura contemporânea tanto em língua turca como inglesa.
Entre as suas obras destaca-se A Bastarda de Istambul, nomeada para o Orange Prize for Fiction.
Os seus livros foram traduzidos em mais de 40 línguas. Elif Shafak mistura as tradições narrativas do Ocidente e do Oriente, dando voz às mulheres, às minorias e às subculturas. Desafiando clichés e transcendendo fronteiras, as suas obras inspiram-se em diferentes culturas e países e refletem um forte interesse pela história, pela filosofia, pelas minorias culturais, pelo misticismo e pela igualdade de direitos das mulheres. Shafak é formada em ciência política e tem lecionado em várias universidades dos Estados Unidos da América, do Reino Unido e da Turquia. Tem também escrito para diversas publicações diárias e semanários, incluindo The Guardian, The New York Times, The Independent, assim como para a plataforma digital World Post/Huffington Post.
Casada e mãe de dois filhos, divide o tempo entre Londres e Istambul.

0 comentários:

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

O Regresso de Isabel Allende

O Regresso de Isabel Allende
Uma viagem maravilhosa.

A fabulosa Tetralogia Napolitana - Amiga Genial

A fabulosa Tetralogia Napolitana - Amiga Genial
Espreite a minha opinião e decida-se finalmente a ler os livros de que todos falam.

O que espera por ter estes dois livros na sua estante?

O que espera por ter estes dois livros na sua estante?
Maria Dueñas, a autora, é uma verdadeira contadora de histórias. Encanta-nos, quase que nos hipnotiza, e leva-nos de mão dada até lugares e situações longínquas no tempo. - Fernanda Carvalho de "As Leituras da Fernanda"

"Gente Feita de Terra" - o último livro de Carla M. Soares.

"Gente Feita de Terra" - o último livro de Carla M. Soares.
Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)