"Curiosidades do Vaticano" de Luís Miguel Rocha (opinião)

Luís Miguel Rocha, que apaixonou milhares de leitores por todo o mundo com os seus livros, deixou-nos cedo demais. Muitas histórias teria ainda por escrever, e muitas prazerosas horas de leitura para ofertar aos seus fãs. Mas infelizmente, deixou-nos a 26 de março de 2015.

Este livro, "Curiosidades do Vaticano", cumprindo a vontade do autor, surgiu com base na rubrica semanal na sua página do Facebook que o autor criou no início de 2012, partilhando algumas curiosidades sobre o Vaticano. 
É que por trás dos muros do Vaticano encontramos um mundo muito diferente, e que se tem alterado imenso, ao longo dos tempos. Luís Miguel Rocha foi um dos raros que conseguiu espreitar lá para dentro e partilhou connosco algum desse conhecimento através deste livro.

Eu adorei. A informação está excelente e exposta de forma nada aborrecida.
Cada capítulo tem o seu tema. Desde as mulheres que influenciaram certos Papas, a Papas que se evidenciaram pelo bem ou pelo mal que provocaram, à história por trás das próprias salas do Palácio Apostólico ou aos stresses causados por Miguel Ângelo, a autor do teto da Capela Sistina. 

Sabiam por exemplo que a linha de comboio mais pequena do mundo é exatamente a do Vaticano? Tem cerca de 1.400 metros e está ligada à linha ferroviária italiana. A separação é feita por um portão automático que só se abre quando algum comboio tem de passar, o que é muito raro (o último foi o Papa Bento XVI em 2011).

E sabiam que Portugal é o único país que partilha com o Vaticano a forma como chamamos aos dias da semana (Segunda-feira, Terça-feira, etc.)?


E que o Vaticano é uma das cidade com o maior índice de criminalidade do mundo? É incrível mas é verdade. Devido ao grande fluxo de turistas o número de carteiristas é imenso. Lembrem-se, se lá forem alguma vez, mantenham a carteira bem guardada.

Mas o autor fala também de situações mais obscuras. Como a morte de certos papas que ficaram envolvidas em mistério, e que obviamente foram abafadas, incluindo a do Papa João Paulo II.

Tenho pena, muita pena que ele não tenha podido apreciar convenientemente o trabalho do Papa Francisco. 
Um dos seus últimos posts no Facebook, a 12 de março de 2015, uns dias antes de falecer, Luís Miguel Rocha escreveu o seguinte:
«Amanhã, mais importante que a Sexta-feira 13, completa-se o segundo ano do Pontificado de Francisco. Balanço francamente positivo. O dia de eleição de um Papa é sempre feriado no Vaticano.»
Estou certa que em breve teríamos um romance excelente, baseado em alguma conspiração contra esta personagem magnífica que tanto tem feito pela fé cristã, o Papa Francisco.
É pena que isso não venha a acontecer. :(



"Curiosidades do Vaticano" é um livro que recomendo sem hesitações, para os curiosos e para católicos e não católicos.
É um livro muitíssimo interessante que nos ajuda a perceber um pouco de como funciona o nosso mundo atualmente.

Obrigada, Luís Miguel Rocha, por teres partilhado connosco o teu talento e os teus conhecimentos.

0 comentários:

Diane Chamberlain... já conhece esta autora?

Sveva Casati Modignani

Paulo Coelho está de volta!

Jojo Moyes - novo livro!

A não perder...

Novo livro

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2016 Blogger Template (Adapted by Fernanda)