"O Prodígio" de Emma Donoghue (opinião)

Neste livro, Emma Donoghue, regressa com uma história bem diferente do que a tornou conhecida. Ao contrário de “O Quarto de Jack”, a ação deste livro passa-se na Irlanda do século XIX e aborda um tema que até hoje, eu desconhecia.

Inspirado em factos reais, a autora ficciona um dos casos que na História ficaram conhecidos pelas Virgens Jejuadoras. Jovens que sofriam de anorexia, agora apelidada de santa anorexia ou anorexia mirabilis e que diferia da anorexia contemporânea apenas pelas razões invocadas pelas próprias. As santas anoréxicas cumpriam um jejum rigoroso vislumbrando a comunhão total com Deus. Temos como exemplo Santa Catarina de Siena, Santa
Maria Madalena de Pazzi e Santa Rosa de Lima.

E é exatamente o caso da jovem Anna, uma menina de 11 anos que afirma viver sem alimento há já quatro meses. Afim de validar essa sustentação, uma comissão daquela pequena vila chama duas enfermeiras para a vigiar durante um determinado período de tempo. A primeira, uma freira enfermeira de uma ordem católica e outra, a principal protagonista desta história, Lib, uma jovem enfermeira discípula da mítica Florence Nightingale.

Com um relato bastante fiel, a ação desenrola-se num país devastado pela fome, devido à praga da batata (Grande Fome de 1845 a 1849), em que se estima que, em escassos anos, a população da Irlanda tenha diminuído cerca de 20 a 25% quer por morte por inanição, quer pela emigração em massa.

Molly Fancher foi um exemplo irlandês de uma virgem jejuadora.
A abordagem de Lib é extraordinária. Tentando obedecer ao rigor profissional a que está obrigada, Lib sente igualmente que tem de não só descobrir a verdade por trás daquilo que ela sabe como ser impossível, e, simultaneamente, salvar a pequena Anna de uma morte certa. Adorei esta personagem. Acho que está muitíssimo bem trabalhada e é, sem dúvida, a base do sucesso deste livro.
Sarah Jacob, um exemplo do País de Gales.
Um romance excelente que aborda os limites da fé e a ignorância de um povo, a diferença entre a verdade e a mentira e o eterno dilema entre a necessidade de acreditar em milagres.

Gostei imenso de ler Emma Donoghue neste registo. Acho que a autora evoluiu, e acredito que muitos de vós irão ficar surpreendidos com a reviravolta no género de história. Deixem-se surpreender, sim, não percam a leitura deste livro porque vale mesmo a pena.
Merece as minhas 5 estrelas.

P. S.  A capa é lindíssima, não concordam? Os meus parabéns à Porto Editora!

0 comentários:

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

Uma história maravilhosa!

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)