"Em Queda Livre" de Jennifer Weiner (OPINIÃO)

Uma das coisas que gosto nos livros de Jennifer Weiner é que ela conta histórias sobre pessoas como nós. As suas personagens poderiam muito bem ser alguma amiga nossa, ou alguém que conhecemos. E poderíamos mesmo estar a ouvir a história da boca de uma amiga. É assim tão realista! É bom para desanuviar, apesar de, quase sempre, os seus temas serem sérios e muito atuais.

Desta vez a autora focou o seu interesse num problema que assola muitos lares por esse mundo fora: as drogas de prescrição. Não sei se é assim que se denominam, mas falo das drogas/comprimidos que são inicialmente prescritas por um médico, mas que o seu abuso causa dependência, podendo levar a uma escalada de utilização. Certamente já ouviram falar de Vicodin, Percocet, Oxicodona...

A personagem principal, Allison é casada e mãe de uma desafiante menina de 5 anos. Trabalha em casa - escreve num site para mulheres - e dá apoio aos seus pais, agora que o pai foi diagnosticado com Alzheimer. A vida de Allison, que à primeira vista parece quase perfeita, está na realidade longe de o ser. E nós, pela hábil mão da autora, vamos ficar a conhecer os podres de Allison, que cada vez mais contagiam, com o seu cheiro nauseabundo, a perfumada vida desta mãe dos subúrbios.

Este livro é uma viagem pela vida de Allison - com a própria Allison a nos conduzir, na primeira pessoa, pelo caminho da adição e a forma viveu à beira do abismo durante tanto tempo, quase a cair. Grande parte do livro é exatamente sobre o dia a dia de Allison e a forma como ela enveredou por este caminho, e a forma como a adição acabou por condicionar enormemente a sua vida, apesar de ela achar que não. O resto do livro é sobre a sua experiência numa clínica de reabilitação e a forma como ela conseguiu deixar esse vício que quase lhe destruiu a vida e a família.

Apesar de ser uma história fictícia, a autora fez bastante pesquisa sobre o tema, e talvez pela habilidade que tem ao escrever de forma tão vívida, conseguimos colocar-nos no lugar de Allison e pensar "podia ter acontecido comigo".

Gostei imenso e recomendo. É daqueles livros cuja história me virá à ideia com frequência.


Quanto a esta autora, aplaudo a Bertrand por estar a apostar nela, e espero que continue a publicar os seus livrinhos - que são tantos!! ;)

0 comentários:

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

Um dos melhores do ano!

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva
Leu o livro? Viu a série? O que espera para ler a sequela? Um final surpreendente para Gilead, e uma obra incrível vencedora bem merecida do Booker Prize.

Uma leitura obrigatória!

Uma leitura obrigatória!
“Moyes dá vida a um pedaço da história muitas vezes esquecido. (…) Uma carta de amor ao poder dos livros e da amizade.” Kirkus Review

Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)