"As Filhas do Capitão" de Maria Dueñas (OPINIÃO)


Terminei este livro ontem à noite, e estou com a sensação de ter viajado no tempo. Sinto saudades das três irmãs Arena, jovens mulheres que com garra e determinação venceram em terra que lhes era estranha. Adorei este livro. Maria Dueñas já tinha levantado um pouco o véu em junho, quando tive o prazer de estar à conversa com ela (ver aqui). Mas sinceramente, o que descobri ao ler "As Filhas do Capitão" foi muito mais.


É um livro extraordinário, muitíssimo bem escrito (e bem traduzido!) cuja história nos leva para um bairro de Nova Iorque em 1936, para o seio de uma família de imigrantes espanhóis. As três filhas de Emilio Arena, e a sua mulher, Remédios, vieram juntar-se a ele para tentar a sorte em solo americano. Mas quis o destino que a vida lhes tire o tapete debaixo dos pés. Ao verem falhados os seus planos de rápido regresso à Terra Mãe, não lhes resta senão arregaçar as mangas e enfrentar o mundo de trabalho nova iorquino. É então que acompanhamos Victoria, Mona e Luz, três jovens na flor da vida, cujo brilho não passa despercebido a ninguém, e que deixam marca nas vidas de todos os que com elas acabam por privar.

Desde Afonso, Príncipe das Astúrias e Conde de Covadonga, a Xavier Cugat e a sua orquestra no Waldorf Hotel, e outras interessantes e icónicas personagens, este livro é mais do uma simples história de ficção, é o registo fiel de uma época, de uma geração de emigrantes espanhóis nos Estados Unidos da América, das suas vidas e das suas conquistas.

Não podendo revelar muito mais sobre a história, pois surpresas há muitas, digo-vos que este é provavelmente o melhor dos livros de Maria Dueñas, ultrapassando mesmo o meu anterior favorito, "O Tempo Entre Costuras". Noto-lhe uma grande qualidade, tanto na escrita, como na pesquisa que a autora teve de levar a cabo para encaixar esta história numa época e lugar sem grandes registos, meio clandestina.

Um coisa é certa: é um dos melhores livros deste meu ano literário. E as filhas do capitão, acreditem, não me saem da cabeça. Continuam nos seus afazeres pelas ruas de Nova Iorque nos anos 30. É um livro que não podem deixar de ler! Absolutamente maravilhoso.

0 comentários:

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

Será o final de Chocolate? Tire as suas dúvidas.

Provavelmente o melhor livro do ano!

Um excelente thriller!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

Uma leitura magnífica.

Tirem as dúvidas. E riam-se com a loucura de Alvie Knightly!

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)