Opinião: "Sira" de Maria Dueñas

Foi uma delícia voltar a encontrar Sira, a personagem que me conquistou em O Tempo Entre Costuras. Desta vez encontramo-la casada com o seu amigo Marcus, que tanto a ajudou no primeiro livro. Ruma a Jerusalém, numa aventura em que apenas acompanha o marido. Não tendo nenhum projeto pessoal em curso, Sira não é capaz de ficar quieta e rapidamente se vê envolvida em todo o teatro político que se desenrola em Jerusalém.

Faço aqui um pequeno aparte, dizendo-vos que com este livro tive uma experiência engraçada e um pouco fora do normal. À hora de almoço lia o livro, e ao final do dia, enquanto apreciava o por de sol de fim de outubro junto à praia, lia ao meu marido as passagens relativas às interessantíssimas informações histórico-politicas que a autora fornecia por entre a história de Sira. Foram uns quantos finais de tarde bem aproveitados, pois aprendi imenso sobre a luta por Jerusalém quando era governada pelo Reino Unido.

A Segunda Guerra Mundial entretanto termina, e Sira é colocada uma vez mais à prova. O destino exige que ela dê a volta e se reinvente. Sem entrar em muitos detalhes, pois não desejo estragar-vos a leitura, posso que dizer que ela segue para o Reino Unido e de lá regressa a Espanha, novamente encarnando o papel de colaboradora dos Serviços Secretos Britânicos, para acompanhar, como pseudo-jornalista, a visita de Eva Péron ao país de Franco. Aí posso dizer que me senti completamente transportada para a época e estive lado a lado com Sira, admirando a força da natureza que era Evita, e vendo a forma como o povo espanhol a recebia. 


Maria Dueñas, a autora, é uma verdadeira contadora de histórias. Encanta-nos, quase que nos hipnotiza, e leva-nos de mão dada até lugares e situações longínquas no tempo. Não vos conto mais sobre a história deste livro. Quero que se encantem e fascinem como eu. As 608 páginas voam num ápice, e Sira é novamente aquela personagem carismática, atrativa e inesquecível, com mais força e determinação que no primeiro livro. Adorei e recomendo sem hesitações.

Recordo igualmente a oportunidade maravilhosa que tive em estar à conversa com Maria Dueñas, quando ainda era possível o fazer sem restrições - aqui.

0 comentários:

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

O Regresso de Isabel Allende

O Regresso de Isabel Allende
Uma viagem maravilhosa.

A fabulosa Tetralogia Napolitana - Amiga Genial

A fabulosa Tetralogia Napolitana - Amiga Genial
Espreite a minha opinião e decida-se finalmente a ler os livros de que todos falam.

O que espera por ter estes dois livros na sua estante?

O que espera por ter estes dois livros na sua estante?
Maria Dueñas, a autora, é uma verdadeira contadora de histórias. Encanta-nos, quase que nos hipnotiza, e leva-nos de mão dada até lugares e situações longínquas no tempo. - Fernanda Carvalho de "As Leituras da Fernanda"

"Gente Feita de Terra" - o último livro de Carla M. Soares.

"Gente Feita de Terra" - o último livro de Carla M. Soares.
Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)