"Filho Único" de Rhiannon Navin (OPINIÃO)

Não há mês que passe sem que sejamos confrontados com mais um tiroteio numa escola. Apesar de ser uma realidade (ainda) longínqua de Portugal é algo que sempre nos choca, não só por se tratarem de pais e crianças, como nós e os nossos filhos, como pela impotência que existe em antecipar e evitar estes massacres.

"Filho Único" aborda essa realidade. Um tiroteio ocorre numa escola e as consequências são, obviamente, devastadoras. O leitor fica a saber rapidamente o que aconteceu através do relato de Zack, um menino de 6 anos, que se escondeu com os seus colegas e a professora num armário ao ouvirem os primeiros tiros ecoar pela escola. Imediatamente nos salta à lembrança O Quarto de Jack, e o seu narrador também de tenra idade, mas acreditem, a semelhança termina aí.

Zack perde o irmão mais velho, de 10 anos nesse acontecimento  e de um momento para o outro vê a sua vida mudar drasticamente. Se é complicado para uma criança perceber o que aconteceu e porquê, mais ainda é para um adulto, e a mãe de Zack não cede a um luto, por assim dizer, com normalidade. Prefere seguir o caminho da culpabilização, apontando o dedo a quem, a seu ver, deverá ser responsabilizado pelo acontecimento. Então, o jovem Zack é deixado um pouco à deriva, tentando lidar com os seus próprios sentimentos e reposicionando-se na família como filho único e, ao fim ao cabo, a quem sente que tem a responsabilidade de fazer tudo ficar novamente bem.

É uma história terrível, sem dúvida, mas ao mesmo tempo é uma história lindíssima. Primeiro porque ao ser-nos contada na voz de Zack, temos a perfeita noção que sabemos exatamente o que está a acontecer ainda que o próprio Zack não se aperceba. As suas palavras, o seu tom serve-nos de bálsamo para contrabalançar com o que lemos. E depois, toda a sua inocência e bondade a vir ao de cima e a mudar o rumo dos acontecimentos. Absolutamente fantástico. Uma lição para todos nós que recomendo sem hesitações. Um livro a não perder que vou guardar na minha memória com muito carinho.



0 comentários:

Este livro traumatizou-me! Mas estou à espera do segundo. ;)

Um livro maravilhoso, cujas personagens me marcaram.

Um livro fora de série! Fenomenal. :)

Um livro magistral! Para mim, o melhor de 2017!

Uma leitura magnífica.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)