"O Rapaz de Olhos Azuis" de Joanne Harris

Era com algum entusiasmo que aguardava por esta nova publicação de Joanne Harris, uma das minhas autoras favoritas. Custa-me escrever isto aqui, mas é a verdade, sinto-me desiludida.
Eu sei que Joanne Harris não é uma autora da qual se goste à primeira. Recordo-me bem dos primeiros livros que li dela, e o quão difícil foi continuar a leitura para além dos primeiros capítulos. Só que a "magia" que se operava após esses primeiros capítulos era fascinante, e aprendi a ser paciente com os seus livros, esperando pelo momento em que de repente a história se "abria" e acabava por se tornar viciante, mal me deixando pousar o livro.
Mas aqui, encontrei uma Joanne Harris diferente, com uma tentativa de trazer à luz do dia o lado negro deste mundo virtual onde todos nós andamos. No entanto, história não me conquistou, e nem ao fim dos muitos capítulos (cada um deles um post de um determinado weblogger) me senti convencida. Nada se "abriu", nenhuma magia se operou. Bem pelo contrário. Deu-me vontade de fechar este livro e dirigir-me à minha estante, onde tenho para ler o único livro que ainda me falta ler dela...

Sinopse:
Ele conhece-a há uma eternidade e, contudo, ela nunca o viu. É como se fosse invisível para a mulher que ama. Mas ele vê-a a ela: o cabelo; a boca; o rosto pequeno e pálido; o casaco vermelho-vivo na neblina matinal, como algo saído de um conto de fadas.
Até agora, ele nunca se apaixonou. Assusta-o um pouco: a intensidade dessa emoção, a maneira como o rosto dela se intromete nos seus pensamentos, a maneira como os seus dedos traçam o nome dela, a maneira como tudo, de algum modo, conspira para que ela nunca lhe saia da cabeça…
Ela não sabe de nada, claro. Tem um ar muito inocente, com o seu casaco vermelho e o seu cesto. Mas por vezes os maus não se vestem de preto e por vezes uma menina perdida na floresta é bem capaz de fazer frente ao lobo mau…

3 comentários:

miGuel pesTana on 18/11/10 disse...

Concordo com a opiniao de que Joannes Harris é imprevisivel nos seus livros.Este ultimo livro não chamou-me a atenção, então não o li sequer.
Como pessoa também ela é "esquisita", pois estive no lançamento do ultimo livro dela, esse que não gostaste :), e constatei isso nela.

cris on 19/11/10 disse...

Assim já não o leio...bjs

Ana Coelho disse...

Eu acabei de ler o livro hoje e ainda estou a tentar perceber se gostei ou não... É simplesmente estranho! Nada do que estava à espera, diferente de tudo o que já li da autora.

Gostei tanto deste livro!!

Gostei tanto deste livro!!

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)