"O Vizinho" de Lisa Gardner

O que faz de um policial um bom policial?
Para mim é claro, assim que pego num livro deste género percebo de imediato se a história me vai agarrar ou não, e com este assim foi. É mais do género de thriller psicológico, pois desde o início que somos inquietados com narrativa na primeira pessoa do que terá acontecido na noite em que Sandra desapareceu. Na realidade essas primeiras páginas encerram a verdade sobre o mistério do seu desaparecimento, mas só ao longo da narrativa é que vamos conseguindo decifrar o que se esconde por trás desse relato. Onde está Sandra Jones? É a pergunta que se coloca de imediato. Mas quem é Sandra Jones, quem são na realidade os Jones? Essa sim, é a pergunta principal que acabamos por nos colocar, e para a qual é necessário encontrar a resposta para que então o mistério se resolva.

Está fantástica a forma como a autora vai alternando a narrativa da acção, com os testemunhos dos diversos intervenientes, em forma de desabafo, deixando-nos espreitar de algum modo para a mente e estados de espírito de cada um. 
Já conhecia Lisa Gardner (li o "Minha Até à Morte") e gostei imenso da forma como somos quase obrigados a continuar a ler tal é a vontade de desvendarmos o mistério. Confesso que estes últimos dias fui sempre deitar-me agarrada a "O Vizinho". lol
Muito bom!

Sinopse:
De uma mestra do suspense chega-nos esta história de arrepiar, que explora os perigos que estão sempre à espreita, bem mais perto do que imagina. Pois até numa família perfeita, nunca sabemos o que se passa dentro um lar, quando as portas se fecham... 
Eis o que aconteceu...
Era um caso que iria sem dúvida gerar um frenesim mediático - uma jovem mãe, loura e bonita, desaparece sem deixar rasto da sua casa no sul de Boston, deixando para trás a sua filha de quatro anos como única testemunha, e um marido tão atraente quanto reservado como principal suspeito.
Nas últimas seis horas...
Mas a partir do momento em que o Sargento-Detective D. D. Warren chega ao pequeno chalé dos Jones, ela tem a sensação de que algo está errado com a imagem de aparentemente normalidade que o casal tanto se esforçou para manter. À primeira vista, Jason e Sandra Jones eram como qualquer outro casal trabalhador e com urna filha de quatro anos para criar. Mas abaixo da superfície calma, espreitavam as trevas... do mundo como o conheci. . .
Com o relógio a avançar e a vida de uma jovem desaparecida em risco e a tempestade mediática a aumentar, Jason Jones parece mais interessado em destruir provas e isolar a filha do que em procurar a sua "amada›› esposa. Estará o marido perfeito a tentar esconder a culpa - ou apenas a tentar esconder? E será a única testemunha do crime a próxima vítima do assassino?

Críticas de imprensa:
«Repleto de reviravoltas inventivas, este livro altamente cativante deixa-nos com uma solução chocante e uma sensação de justiça cumprida.»
Publishers Weekly

«Esta é certamente a obra mais complexa de Gardner, e para os seus fãs será sem dúvida um prazer lê-la.»
Booklist

«Nunca mais irá olhar para uma porta destrancada, uma janela aberta ou uma ligação à internet da mesma maneira. É perfeito para o Verão, um livro que se lê sem parar, como nenhum outro.»
The Providence Journal

1 comentários:

branca de neve on 3/9/11 disse...

Olá!

Gostaste mais deste ou do Minha até à Morte?

bj

Mais um livro excecional!

A não perder!

Para os que gostam de thrillers...

Novo livro de Lesley Pearse!!

Um livro magistral!

Um livro magistral!
Neste livro, Jodi Picoult aborda temas como a raça, o privilégio, o preconceito, a injustiça e a compaixão.

O novo livro de Deborah Smith

Novo Thriller de Paula Hawkins

Uma história maravilhosa!

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)