"O Que Ela Deixou Para Trás" de Ellen Marie Wiseman (opinião)

Quando um livro é bom, provoca-nos emoções fortes. Este, não tenho dúvidas, é um livro excelente!
Para já está escrito mesmo como eu gosto. De forma organizadinha, alternando entre o passado e o presente e entre duas histórias distintas que vêm a unir-se no final.
O tema é absolutamente assombroso. Arrepiante, enervante, baseado em factos verídicos, o que nos leva ainda mais àquele ponto de ebulição. Juro que houve alturas que tive de parar com a leitura e ir arejar. Mas não se deixem intimidar pela minha reação. Isto acontece-me com certas situações de injustiça (por exemplo, com grande pena minha não consegui ver o filme "12 Anos Escravo").
Passo a explicar um pouco da história para que percebam o que quero dizer...

Clara Cartwright tem 18 anos quando em 1930 é internada num asilo para doentes mentais. Mas Clara não está doente, nem sofre de nenhum problema mental. O único problema que Clara teve foi o facto de enfrentar o seu pai, recusando-se a casar com um homem que ela não amava. Embora o dito asilo tivesse boas condições, pois era particular, as situações e os "tratamentos" a que Clara é sujeita são arrepiantes. O que realmente me chocou, é pensar que casos como o que é relatado neste livro eram recorrentes naquela época. É assustador imaginar sequer que uma mulher podia ser internada num local destes, contra a sua vontade, só porque ousava desobedecer ao seu pai ou marido, ou teria atitudes vistas como menos corretas numa sociedade mais polida. Impressionante, mesmo!

Acho que a autora foi, como o seu nome indica, muito sábia. Ela soube intercalar as histórias de Clara e de Izzy (no presente) de forma a quebrar os picos emocionais provocados pelos relatos dos capítulos de Clara.
Adorei. Não tenho outra maneira de vos explicar o quão bom é este livro. Um verdadeiro "page-turner" que me fez perder horas de sono. Mesmo muito bom! Recomendo sem hesitações.

0 comentários:

Uma saga familiar desde o período da Depressão até aos dias de hoje

Diane Chamberlain... já conhece esta autora?

Absolutamente viciante!

Robert Galbraith, o autor que é J.K.Rowling

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Chiado Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Marcador

Visualizações de página na última semana

Copyright © 2005-2017 Blogger Template (Adapted by Fernanda Carvalho)