"Corações Sagrados" de Sarah Dunant

A minha mãe foi criada num colégio de freiras. Desde tenra idade habituou-se a essas substitutas da mãe que perdeu, e ainda hoje fala com carinho desses tempos de menina e jovem mulher. Ficou no colégio até mais tarde que as restantes colegas, e chegou mesmo a contemplar uma vida de dedicação como freira. Felizmente que entretanto conheceu o meu pai, caso contrário eu certamente não estaria aqui a comentar este livro. ;)
Talvez por essa razão eu tenha achado este livro tão fascinante.
Entrar dentro de um convento é algo de que muito pouca gente se pode gabar, e afinal de contas, um convento de freiras hoje em dia é também um pouco diferente de um convento de freiras no séc. XVI, embora a essência permaneça a mesma. Mas foi exactamente isso que a autora conseguiu concretizar: uma entrada secreta e exclusiva, para esse mundo de mulheres tão fascinantes quanto diversificadas.
Perfeitamente enquadrada na época, esta história traz para a luz dos nossos olhos, uma sociedade fechada dentro da sociedade renascentista, mas que nem por isso era menos intrigante ou conflituosa, muito pelo contrário.
De uma forma absolutamente prodigiosa, a autora envolve o leitor na narrativa de tal forma, que torna impossível largar a leitura até chegar ao fim.
Um livro absolutamente genial!
Adorei. :)

Itália, 1570. Castigadas pelos seus amores impróprios, muitas mulheres da nobreza são forçadas a entrar em conventos. Uma atreveu-se a resistir.

Sinopse:
Em plena Renascença, o convento de Santa Caterina está repleto de mulheres da nobreza cujos comportamentos foram reprovados pelas suas famílias. Muitas estão já resignadas com esse destino. Mas a recém-chegada Serafina não se conforma. Vive obcecada com a fuga e o homem que ama. A sua revolta quebra a harmonia do convento dirigido por Madonna Chiara, uma abadessa tão à vontade na política como na oração. Ela entrega Serafina aos cuidados da Suora Zuana, a jovem freira que dirige o dispensário e trata todas as maleitas, da pestilência à melancolia e à automutilação. Perante a improvável amizade que vai unir estas duas mulheres, há quem se mantenha vigilante, como é o caso da severa Suora Umiliana e da misteriosa Magdalena, com um passado de êxtases e visões… Mas o espírito rebelde de Serafina vai abalar irreversivelmente a vida do convento e as mais profundas convicções das suas ocupantes.

Com um fascinante elenco de personagens femininas, Corações Sagrados é um romance sobre poder, criatividade, paixão – secular e espiritual – e o indomável espírito das mulheres numa época em que as forças religiosas, políticas e sociais se uniam contra elas.

2 comentários:

Unknown on 3/5/11 disse...

Que legal! Parece incrível, mas nunca li!
Pode deixar que vai para a lista!
Ótima resenha!
Bjus,
Náh

Sandra on 3/5/11 disse...

Q giro, fiquei curiosa! :)

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

ALGUNS DOS TÍTULOS QUE MAIS ME AGRADARAM NOS ÚLTIMOS TEMPOS

Um dos melhores do ano!

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva

Os Testamentos - a sequela de A História de uma Serva
Leu o livro? Viu a série? O que espera para ler a sequela? Um final surpreendente para Gilead, e uma obra incrível vencedora bem merecida do Booker Prize.

Uma leitura obrigatória!

Uma leitura obrigatória!
“Moyes dá vida a um pedaço da história muitas vezes esquecido. (…) Uma carta de amor ao poder dos livros e da amizade.” Kirkus Review

Uma leitura imprescindível!

Leia o livro e depois veja o filme. Uma história verídica a não perder.

O clube de leitura do meu coração.

 

ASA

Quinta Essência

Planeta

Porto Editora

Bertrand

Lua de Papel

Cultura Editora

Oficina do Livro

Editorial Presença

Jacarandá

D. Quixote

Marcador

Clube do Autor

Livros d'Hoje

Casa das Letras

Suma de Letras

Vogais

Saída de Emergência

Círculo de Leitores

Esfera dos Livros

TopSeller

Objetiva

Visualizações de página na última semana

Copyright 2005-2019 Blogger Template Ipietoon (Adaptado por Fernanda Carvalho - a escrever sobre livros desde 2005)